19 de ago de 2018

Carinho em forma de poesia

A vida é  uma luta constante.  Quando chega a época de seu aniversário(Junho) fico sempre feliz para parar e respirar um ar de poesia , carinho e muita  amizade.
       Queria postar antes a poesia que recebi do meu poetinha muito querido Jorge Stark, mas as atividades profissionais , projetos e fisioterapias acabam tomando o seu precioso tempo.
Precisei hoje parar e desfrutar e compartilhar o meu presente .
     
Três de junho

Uma badalada.
O sino anuncia o novo dia.
Duas badaladas.
A Terra gira em torno do Sol.
Três badaladas.
O enigma da vida prenuncia.
Quatro badaladas.
A flor banha-se em orvalho.
Cinco badaladas.
O brilho da estrela rica o céu.
Seis badaladas.
A aurora inda dorme entre montanhas.
Sete badaladas.
O livro começa a ser escrito.
Oito badaladas.
A bicicleta corta a noite fria.
Nove badaladas.
O sacerdócio guarda o saber.
Dez badaladas.
A hora mais fria antecede a manhã.
Onze badaladas.
O horizonte em compasso de espera.
Doze badaladas.
Nasce Mariza e o mundo fica melhor...

Visite o blog de http://miltextosmil.blogspot.com/ . 
Embargue na poesia e viaje com mais leveza , pois aqui somos só peregrinos. 

Nenhum comentário: