10 de ago de 2013

As Emoções ( Feira do Livro 2013)

 " Alguns livros são para ser saboreados, outros para ser engolidos, e alguns para ser mastigados e digeridos. " Francis Bacon


 Hoje resolvi deixar tudo de lado e... postar  os momentos  mais marcantes da feira do livro 2013..Março : Divisão das equipes. Cada equipe com uma tarefa para cumprir. 1- passo ir à Feira do Livro.Turmas envolvidas: 2 anos 01,02,03,04,05  e 1 ano 101 Divisão das equipes 01 do Ensino Médio. E.E.B.Dr. Jorge Lacerda.Proposta  1 Ler as páginas do livro didático 286, 287,288 - principalmente a página 290.  ( produção de texto - A entrevista)Entreviste um escritor ( pesquise antes ou leia algo sobre o escritor)Registre com fotos para anexar no trabalho. 2- A  Reportagem: Ler as paginas 313, 314, 315 - principalmente a página 316( Produção de texto A reportagem) Faça uma planilha com nome, idade, profissão, sexo, escolaridade. Título: Perfil dos visitantes . Registre com fotos.
 3-Ler a página 317( Montagem da capa de um jornal) Dar ênfase sobre tudo o que ocorreu na Feira do Livro. Fotos, escritores, entrevista com o escritor.4- Produção de um texto visual. O que é a Feira do Livro? Procure demonstrar a visão da equipe por meio de colagem( técnica de composição feita a partir de recortes de jornais , revistas, desenhos fotografias ou de qualquer outro material, fixados com cola sobre a nova base.N.B Aqui será somente com fotos da Feira do Livro. A equipe com o escritor, autógrafos,visão geral da  Feira. 5- Faça um cartum( desenho ou caricatura que representa  uma situação humorística, com ou sem legendas  ou balões. Pode  apenas  apresentar uma cena ou uma sequência delas.Registre com fotos. 6- Tira O humor é produzido de uma maneira inesperada. Crie uma tira sobre a feira de 2013. registre com fotos.Proposta para o 1 ano 011-  Ir à Feira do Livro - fazer uma crônica sobre a feira do Livro . Registre com fotos. Recolha assinatura dos participantes da Feira.2- Entreviste 10 pessoas. Faça perguntas sobre: Livros, leitura etc.( registre com fotos)3- Crie uma história em quadrinhos : Joinville antes da Feira e Joinville depois da Feira.4 Faça um texto para convencer um adolescente ir à Feira.5- Faça uma receita de bolo. Os ingredientes são os escritores. Registre com fotos. 2 parteMontar o trabalho para entregar, Seguindo os passos dado pela professora.O Momento mais marcante foi ser convidada para mediar  a conversa de Marina Colasanti com o leitores. Não precisa nem argumentar... fiquei tão emocionada ao lado de Marina que as palvras demoravam para siar. Ela é um encanto.  Tive o prazer de conhecer e abraçar Affonso Romano de Santa Anna, Leo Cunha( uma fofura)  e meus amigos escritores da nossa cidade. 

.

            1-! parte ter contato com os escritores. descobrir o mundo da leitura.

                                            2- parte- montar o trabalho.





                           NOssos escritores - Confraria dos escritores. 


                             Autógrafos dos escritores.

             O querido escritor Pablo Pereira mandou um recadinho para mim.




                                      Perfil dos leitores







                     Uma  ótima crônica feita pela aluna Juliana. 1 amo 1

                                        Receita de bolo

                                           Para sempre irei guardar a alegria de Marina Colasanti.
                                    Inteligente, meiga, e muito descontraída.
                                  Vaidosa- antes de iniciar   a conversa com o público
          Eu e Mariana ( um nervosismo só) Ela encantou e deixou-me calma depois.

  Nossa escritoras  

                   Ao lado de Affonso romano Sant Anna  MOmento marcante
" A leitura amplia a realidade. Quem conhece, por exemplo, história, entende melhor os mecanismos do presente e tenta não cair na repetição farsesca desta. Equivale a ter instrumentos de percepção, um radar de informações para não se sentir à  deriva no cotidiano. Quem  tem a tecnologia da leitura tem , na verdae uma espécie de " manual de sobrevivência na selva". Passa, metaforicamente, a atuar como leitor da natureza, sabe tirar água das folhas  ou do sereno, o alimento das resinas das árvores, aprende a se nortear com ou sem b´pussola, `a luz ou das estrelas.    Quem  lê é menos desbussolado . E  numa sociedade como a nossa que gera códigos novos todos os instantes, somos cada vez mais dependentes de novas tecnologias. E mais do que nunca , ler e interpretar com eficiência é uma questão de sobrevivência."  ( Affonso Romano de Santa  Anna )