27 de nov de 2018

Chegada do Papai Noel no Garten Shopping Belas Artes e as Crianças do Espaço Criativo e Literário Júlio Emílio Braz.

Oi!! Sempre acompanhei meu filho nas apresentações  artísticas na Escola Belas Artes.  Eu, também faço curso no "Belas"  assim falam o pessoal que estuda lá.
O Ano passado marquei um reunião com a Mirtes Strapazzon , diretora  pedagógica da escola.  Acordamos de em 2018 iniciarmos pequenas  atividade da escola com as crianças do Espaço  Criativo e Literário  Júlio Emílio  Braz.
Ano foi passando e, sempre que  podia , perguntava para Mirtes  sobre  a possibilidade de envolver as crianças.
                                                                                                                                                                 

Em Outubro a Mirtes foi conhecer o Espaço de Leitura .  As crianças  fizeram  algumas atividades de canto. Ficou agendado que nos sábados das 14 horas ate´15 horas eles teriam atividade de canto.
Cada sábado cantavam a músicas e  um estudante da Belas  Artes leva um instrumento para mostrar e ensaiar para a  Cantata de Natal.
O Grande dia chegou!! Não preciso nem relatar minha emoção.  As crianças cantaram , encantaram e o clima de Natal contagiou o local.  que sempre apoiam o projeto de leitura e o espaço


Pois a lei inteira se resume em um mandamento só: "Ame os outros como você ama a você mesmo ." Gálatas 5, 11


Os ensaios sempre eram de muita alegria e aprendizagem



A Mirtes e o William. Momento de recreio


Mais ensaio !!
 "Assim como os perfumes alegram a vida , a amizade  sincera dá ânimo para viver.
 Provérbios 27.9







30 de out de 2018

Espalhar Meios Para Nascer Vida

  " Prezo insetos mais que aviões .
    Prezo a velocidade  das tartarugas
    mais que mísseis.
    Tenho em mim 
    esse  atraso de nascença .
    Eu fui aparelhado
    para  gostar de passarinho.
   Tenho  enho abundância
   de ser feliz por isso.]
   Meu quintal
   É o maior que o mundo. "
     
           Manoel de Barros

 Tudo teve início com um projeto de um designer, ele pintava e espalhava  casinhas de passarinhos para  levar a esperança em forma de pássaros, pois a casinha era um simbolo para atrair passarinhos.
        Resolvia adotar a ideia, mas de uma maneira mais restrita: com as  criança do  Espaço Criativo Literário Júlio Emílio Espaço , local  que reúne as crianças der um determinado  bairro de Joinville . O Bairro é violento e , cheio de estratégias para não aguçar o gosto pela leitura e estudo.  Toda semana as crianças se encontraram para conversar, brincar , ler e o mais importante é criar laços de amizades.
         Primeira etapa foi pedir as casinhas, fui  prontamente aceita pela ONG Romã e a professora e amiga professora Heliete Steingraber  . Veja  foto 

Ganhamos as 20 casinhas e mais revistas para  o projeto Ler é viajar sem  sair do lugar.

As casinhas ficaram em um canto guardadas , pois por problemas de saúde e recuperação precisei ficar  afastada das atividades.  Devagar e sempre as crianças enfim receberam as casinha.

      Foram colorir e fazer o telhado do gosto e cor de cada criança e adolescente.



                              Gibis, canetinhas, cola, revistas e.... a imaginação no ar.

Expressar a arte como forma de ver o mundo e despertar para cuidado da natureza.


Cada  criança do Espaço de Leitura levou sua casinha de passarinho para casa. Como atividade de casa: mandar as fotos do local onde colocou a casinha. Essa é da Rosangela. 

" Somos donos de nossos atos, mas não donos de nossos sentimentos; Somos culpados pelo que fazemos,  mas não somos culpados pelo que sentimos: Podemos prometer atos, mas não podemos prometer sentimentos... Atos são pássaros engaiolados , sentimentos são pássaros em voo."
                                                        Mário Quintana

Deixe aqui o seu sentimento em forma de comentário 



19 de ago de 2018

Carinho em forma de poesia

A vida é  uma luta constante.  Quando chega a época de seu aniversário(Junho) fico sempre feliz para parar e respirar um ar de poesia , carinho e muita  amizade.
       Queria postar antes a poesia que recebi do meu poetinha muito querido Jorge Stark, mas as atividades profissionais , projetos e fisioterapias acabam tomando o seu precioso tempo.
Precisei hoje parar e desfrutar e compartilhar o meu presente .
     
Três de junho

Uma badalada.
O sino anuncia o novo dia.
Duas badaladas.
A Terra gira em torno do Sol.
Três badaladas.
O enigma da vida prenuncia.
Quatro badaladas.
A flor banha-se em orvalho.
Cinco badaladas.
O brilho da estrela rica o céu.
Seis badaladas.
A aurora inda dorme entre montanhas.
Sete badaladas.
O livro começa a ser escrito.
Oito badaladas.
A bicicleta corta a noite fria.
Nove badaladas.
O sacerdócio guarda o saber.
Dez badaladas.
A hora mais fria antecede a manhã.
Onze badaladas.
O horizonte em compasso de espera.
Doze badaladas.
Nasce Mariza e o mundo fica melhor...

Visite o blog de http://miltextosmil.blogspot.com/ . 
Embargue na poesia e viaje com mais leveza , pois aqui somos só peregrinos. 

30 de jun de 2018

Nosso Amado Armandinho, Alexandre Beck


"Aprendi que a coragem  não era a ausência do medo, mas a vitória sobre ele...O homem corajoso não é aquele não sente medo, mas aquele que consegue superá-lo. "
                                                                            Nelson Mandela

Sempre fui fã dele, era meu queridinho para usar sempre que possível nas aulas. A meninada ficava curiosa e feliz com as mensagens  dele, pois é estou falando do nosso amado Armadinho , o personagem das  tirinhas no jornal .
      Descobri que ele estava em Joinville . Onde? Na Feira do Livro, 2017. Fui mesmo com o braço  na tipoia , pois havia feito uma cirurgia . Quando cheguei perguntei sobre o local em que estaria o Alexandre Beck.  Encontrei um  moço muito atencioso, querido e extremamente desapegado de qualquer sinal de  estrelismo.
       A conversa e o encantamento por ele e sua companheira fluiu até chegar ao convite: Gostaria muito que você conhecesse o Espaço Criativo e Literário Júlio  Emílio Braz -  que  promove a leitura para as crianças em um bairro  carente em nossa cidade. Resgatar o gosto pelos livros, amizade e companheirismo. Ele aceitou ir conhecer o Espaço. Comecei trabalhar com as crianças e adolescentes  com as tirinhas e o amor pela natureza. Aproveitei e convidei meus alunos para também  deixar uma mensagem de carinho para o nosso amado Armadinho.
           Alguns momentos  antes da  visita Alexandre Beck
              Momento de conversa com o  quadrinista  Alexandre Beck
 As crianças do  Espaço Criativo e Literário  Júlio Emílio Braz  fazendo atividades durante o ano com o tema  relacionando  com natureza, tirinhas de  Armadinho e intepretação 
 


                     Os estudantes dos 6° anos C D e  7 °anos  C e D trabalharam com vontade e carinho para entregar os trabalhos para o Alexandre Beck
 Sua companheira sempre atenciosa com as perguntas das crianças. Um casal perfeito
Claro, nosso JEC sendo aqui reperesntado na almofada
Momento de deixar uma mensagem para todos nós.
A conversa é o incentivo à leitura

O amor  Alexandre fez a doação  alguns livros para o Espaço de Leitura. Veja o amor pelo livro.

14 de jun de 2018

Notícias do Projeto de Leitura



                                        Semeando Livros

A leitura de todos bons livros é como uma conversa com os melhores espíritos dos séculos passados, que foram seus autores, e é uma conversa estudada, na qual eles nos revelam seus melhores pensamentos." (René Descartes)

O projeto: Ler é Viajar Sem Sair do Lugar continua com o propósito de levar livros para todos os lugares que precisam de leitura, pois ficar horas esperando sem poder ocupar a mente com boas leituras é algo penoso e altamente cansativo.

Veja a relação de alguns lugares que implantamos atualmente o projeto de leitura : duas delegacias foram  implantadas as caixas de leitura.

Aqui é a 5 delegacia, bairro Vila Nova. Delegada Cláudia é a responsável.
 
                                                      Estamos na 4 Delegacia
               '
Delegado  Eduardo  apoio a ideia de um Espaço de LeituraAlém  de livros colocados foram introduzidos  uns brinquedos para passar o tempo mais rápido. O artista plástico Luis Arão fez toda  uma obra para deixar o local mais aconchegante. 
"Devem-se buscar os amigos como os bons livros, pois a felicidade não está em que sejam muitos, nem mui curiosos, antes em que sejam poucos, bons e bem conhecidos." (Mateo Alemán)





5 de abr de 2018

Nossa Joinville


Aprender e estudar sempre sobre nossa cidade é sempre válido .
Aproveite para trabalhar com os 6° anos  com o tema : um cartão para nossa cidade.  Explorei o tema com livros e mensagens até chegar  ao cartão . Colocaram todo seu amor e promessa de cuidar de nossa cidade.  A semente foi lançada  e sempre será cuidada para germinar o amor pela nossa cidade.
        Os 7° anos ficaram  com  duas atividades : Poema - Concreto ou entrevista , atividade de  ler o que é  entrevista, como se faz uma entrevista , passos de uma entrevista,. Passaram para a proposta de fazer  entrevistar a cidade, personifiquei a cidade. Eles  elaboram perguntas para Joinville ou foram procuram  sobre nossa cidade para fazer o poema-concreto.
       Posso afirmar que demorou , porém tudo o que é feito com amor, dedicação é demorado .
            Veja como ficaram alguns trabalhos.
                                    Momento de emoção.Escrever é  regida pela emoção, ação e sabedoria.
                                  Ler e  dialogar sobre o nossa bela Joinville
                                                        Cartão para nossa cidade.
  Joinville precisa ser  amada. Processo educacional diário para assim preservar nossa cidade.


                                                               Poema- concreto
 Claro, temos problemas na nossa amada Joinville. O importante é valorizar todo  esforço de nossos imigrantes e joinvilenses que lutaram com garra para deixar uma Joinville  sempre amada por nós.
                     Parabéns , Joinville e  estudantes  criativos


18 de mar de 2018

Nossa Contribuição Voluntária



Convite




Poesia é...


 brincar com as palavras


como se brinca com bola, papagaio, pião


 Só que bola, papagaio, pião


 de tanto brincar se gastam.


 As palavras não:


 Quanto mais se brinca com elas,


 mais novas ficam.


 Como a água do ri


o que é água sempre nova.


 Como cada dia


 que é sempre um novo dia


. Vamos brincar de poesia? plástica 


José Paulo Paes  

O projeto :Ler é  Viajar Sem Sair do Lugar  continua semeando livros e brinquedos, enquanto os pais esperam serem atendidos ou mesmo para amenizar a dor que a criança está sofrendo por diversos motivos . Levamos o que temos: Livros , brinquedos e esperança  para todos.
   Minha contribuição foi voluntária e contei com o apoio da artista  plástica Viviane Krause  que  deixou a parede da entrada mais aconchegante.  Pediu para cada policial escrever uma palavra que para simbolizar o trabalho deles. Uso o policial como figura de um anjo e amigo de todos.