30 de mai de 2010

Um Pouco da Triste Realidade Educacional Brasileira.







Alunos têm direitos? Não, alunos têm obrigações, deveres. Têm o dever de estudar, respeitar à disciplina da escola e sobretudo respeitar os professores. Têm o direito de voltar para casa e estudar o que foi visto em sala de aula.
Recebi de uma amiga e repasso para vocês o desabafo de uma Professora. Leia-indigne-se - repasse. As consequências atingem toda a sociedade.
Comecemos por educar realmente nossas crianças, em casa, no condomínio... no bairro... Caros amigos aqui esta um pouquinho sobre a realidade da escola pública. Sem o apoio da mídia, só nos resta a internet para divulgar o que acontece.


PROFESSOR – UMA ESPÉCIE EM EXTINÇÃO

Por Verônica Dutenkefer (20/06/2009)



Esse texto que escrevo precisamente agora é mais um desabafo.

Desabafo de uma profissional que está lecionando há mais de 22 anos e que não sabe se sobreviverá por mais dez anos, que é o tempo que ainda precisará trabalhar (por mais que ame muito o que faz).

Trago comigo muitas perguntas que não querem calar. E talvez a mais inquietante seja: O que será necessário acontecer para se fazer uma reforma educacional neste país????

Constantemente, ouço ou leio reportagens com as autoridades educacionais proclamarem a má formação de seus professores. Culpando as universidades, a falta de cursos de formação e culpando-nos, evidentemente.

questionamentos:

Como um professor de escola pública pode fazer o seu trabalho se ele precisa ficar constantemente parando sua aula para separar a briga entre os alunos, socorrer seu aluno que foi ferido por outro aluno, planejar várias aulas para se trabalhar os bons hábitos, na tentativa vã de se formar cidadãos mais conscientes e de melhor caráter?

Nos cursos de formação nos é passado constantemente a recusa de um programa tradicional e conteudista, mas nossas avaliações de desempenho das escolas, nossos vestibulares e concursos públicos ainda são tradicionais e nos cobram o conteúdo de cada disciplina.

Como pode num país.....num estado...num município haver regras tão diferentes entre a rede particular e pública?

Na rede particular as escolas continuam conteudistas, há a seriação com reprovação, a escola pode suspender ou até mesmo expulsar um aluno que não esteja respeitando as regras daquela instituição.

A rede pública vive mudando o enfoque pedagógico (de acordo com o partido que ganhou as eleições), é cobrado cada vez menos do aluno, não se pode fazer absolutamente nada com um aluno indisciplinado que até mesmo coloca em risco a segurança de outros alunos e funcionários daquela instituição..

Dia a dia...minuto a minuto... os professores são alvos de agressões verbais e até mesmo físicas pelos alunos. A cada dia somos submetidos a níveis de stress insuportáveis para um ser humano.

Temos que dar conta do conteúdo a ser ensinado + sermos responsáveis pela segurança física de nossos alunos + sermos médicos + enfermeiros + psicólogos + assistentes sociais + dentistas + psiquiatras + mãe + pai ......

E, quando ameaçados de morte, se recorremos a uma delegacia pra fazer um boletim de ocorrência ouvimos: “Isto não vai adiantar nada!”

Meus bons alunos presenciam o mal aluno fazendo tudo o que não pode ser feito e não acontecendo nada com ele. É o exemplo da impunidade desde a infância...

Meus bons alunos presenciam que o aluno que não fez absolutamente nada durante o ano, passou de ano como ele, que se esforçou e foi responsável.

Houve um ano que eu tinha um aluno que era muito bom. E ele começou a faltar muito e ir mal na escola. Os colegas diziam que ele ficava empinando pipa ao invés de ir pra escola. Um dia, tive uma conversa com ele, e perguntei o que estava acontecendo? E ele me disse: “Prá que eu vou vir prá escola se eu vou passar de ano mesmo assim?”

Então eu procurei aconselhar (como faço com meus alunos até hoje) que ele devia frequentar a escola, não para tirar notas boas nas provas ou passar de ano. Ele deveria vir à escola para aumentar seu conhecimento que é o único bem que ninguém poderá roubar.Que a escola iria ajudá-lo a aprender e trocar conhecimentos com os outros e ajudá-lo a dar uma melhor formação na vida..

Depois dessa conversa ele não faltou mais tanto...mas nunca mais voltou a ser o excelente aluno que era.

Qual a motivação de ser bom aluno hoje em dia?

Seus ídolos são jogadores de futebol que não falam o português corretamente e que não hesitam em agredir seus colegas jogadores e até mesmo os árbitros. Ensinando que não é necessário haver respeito às autoridades e aos outros.

Ou são dançarinas que mostram seu corpo rebolando na televisão e posando nuas para ganhar dinheiro.

Para quê eu me matar de estudar se há tantas profissões que não são valorizados e nem respeitadas? ??

Conheci (e ainda conheço e convivo) ao longo de minha carreira na escola pública, inúmeros profissionais maravilhosos. Pessoas que amam a sua profissão, que se preocupam com seus alunos, que fazem trabalhos excepcionais. Que possuem um conhecimento e formação excelentes, mas que estão desgastados e quase arrasados diante da atual situação educacional.

Li, há poucos dias, num artigo que os cursos de filosofia, matemática, química, biologia e outros todos ligados à área de magistério não estão tendo procura nas universidades.

Lógico!!!!!Quem é que quer ser professor??? ??????

Quem é que quer entrar numa carreira que está sendo extinta, não só pela total desvalorização e respeito, mas também pela falta de segurança que estamos enfrentando nas escolas?

Fiquei indignada com uma reportagem na TV (que aliás adora fazer reportagens sensacionalistas colocando o professor sempre como vilão da história) em que relatava que numa escola um aluno ameaçava os outros com um revólver e, num determinado momento, o repórter perguntou:”Onde estava o professor que não viu isso??!!”

E agora eu pergunto: “O que se espera de um professor (ou de qualquer ser humano), que se faça com uma arma apontada pra você ou pra outro ser humano??? Ah...já sei...o professor deveria enfrentar as balas do revólver!!!! Claro!!! As universidades e os cursos de aperfeiçoamento de professores não estão nos ensinando isso..

Vocês tem conhecimento de como os professores de nosso país estão adoecendo??? ?

Vocês sabem o que é enfrentar o stress que a violência moral e física tem nos submetido dia a dia?

Você sabe o que é ouvir de um pai frases assim:

“Meu filho mentiu, mas ele é apenas uma criança!”

“Eu não sei mais o que fazer com o meu filho!”

“Você está passando muita lição para meu filho, e ele é apenas uma criança!”

“Ele agrediu o coleguinha, mas não foi ele quem começou.”

“Meu filho destruiu a escola, mas não fez isso sozinho!”

Classes super lotadas, falta de material pedagógico, espaço físico destruído, violência, desperdício de merenda, desperdício de material escolar que eles recebem e, muitas vezes, não valorizam (afinal eles não precisam fazer absolutamente nada para merecê-los), brigas por causa do “Leve-leite” (o aluno não pode faltar muito, não por que isso prejudica sua aprendizagem, mas porque senão ele não leva o leite.)

Regras educacionais dissonantes de acordo com a classe social dos alunos.

Impunidade.

Mas a educação não vai bem, por causa do professor..

Encerro esse desabafo com essa pergunta que li há poucos dias:



Essa pergunta foi a vencedora em um congresso sobre vida sustentável.

"Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

O BOM NESTE PAÍS É SER POLITICO. APOSENTA-SE COM 8 ANOS DE "TRABALHO(?) ", E QUE SALÁRIO!!! (sem contar que não precisa grande formação acadêmica pra isto, infelizmente...
Analise e opine.

28 de mai de 2010

Quem é o Tatuí??????


Visita de Tatuí na Escola Municipal CAIC Mariano Costa ( 14 de abril de 2010)

A arte é uma obra que serve como comunicação, que está ligada aos básicos sentidos da vida que são: felicidade, alegria tristeza, paciência.
( Matheus Schiochet)




A arte pode ser uma música que cada nota é uma cor e quando criamos a música formamos uma linda aquarela.
(Matheus Schiochet)




O mundo está repleto de arte , você só precisa usar a imaginação para ver a arte no movimento do seu dia.
( Matheus schiochet)

Fomos direto à fonte para saber quem é Tatuí. É um personagem criado por Humberto Soares( um multiartista: desenha ao vivo, narra a origem do personagem) Com ajuda da publicitária LUZciane Nascimento .
O lançamento do livro está previsto para outubro com uma agenda lotada( livrarias, shoppings, bibliotecas...)
O primeiro local já está confirmado mesmo sem saber a data, A Livraria O SEBO. (parceirta há muitos anos) descobri que o livro será metade preto e branco e metade Colorido.( a criançada vai ao delírio). com 144 páginas, capa dura e com costura.
Será uma coletânea de tirinhas que foram publicadas no Jornal A Notícia, junto com a história de origem do personagem, terá pinturas feitas em disco de vinil (imagens digitalizadas), aquarela, lápis-de-cor, esboços feitos à lápis,
pinturas feitas em madeira (imagens fotografadas) e também algumas imagens pintadas em tecidos (camisetas Hum).
O Título: TATUÍ, O PRÍNCIPE DOS PALMITOS.
Fiz algumas perguntas para o Tatuí . Vamos conhecê-lo?

Nome: Tatuí

Apelido:Príncipe dos Palmitos

Idade: 11 anos

Onde você mora?
Vivo por aí nas ruas da Cidade das Flores

Qual é seu signo?
Nasci no dia 13 de outubro... Não sei que signo é...

Suas caracteristísticas físicas e psicológicas?
*Cabelos enrolados castanhos, sou magrinho, olhos castanhos escuros e sou sorridente.
*Alegre, brincalhão, sou Feliz já isso o diz.

Qual é seu sonho?
Sonho com um mundo melhor pra todos viver em paz com a Mãe Natureza.

Você acha que recebeu alguma missão ?
Espalhar alegria por aí.

Qual é a sua frase? "
Só Alegria. Só alegria. O nosso papo é da alegria.

O que mais marcou na sua vida?
O dia em conhecia minha melhor amiga, a RANA.

Quem são seus melhores amigos? A RANA e a "Senhora de Todos os Palmitos"

Do que você gosta de brincar?
Gosto de me esconder no topo das árvores de palmitos.

Deixe uma mensagem para nós. "Alegria é de graça! Alegria é bom de noite é bom de dia."

Humberto Soares quem é você?
:
Eu sou um artista em constante movimento, sempre faço "mil coisas ao mesmo tempo".
Achava que ia ser um artista só do desenho, mas descobri que a palavra "artista" é muito mais...
Eu posso desenhar, pintar, escrever histórias, posso representar e contar histórias. Eu posso criar muitos personagens.
Sou um semeador de ideias boas.
Através dos meus desenhos, das minhas histórias vou espalhando sementes da arte.
A Arte para mim tem que suavizar a nossa vida. A arte tem que dar cores ao nosso mundo.
A arte é do bem e precisa transmitir ideias do bem.
Minha função como artista é distribuir verdades de um mundo do bem, o bem que vem da Natureza!
Eu adoro escutar as histórias que a natureza vive a contar, depois eu conto esses contos por aí. São Histórias Bem Natureza!

Qual é o seu maior sonho?
Meu maior sonho, talvez seja, um dia morar na floresta de vez...
Ficar longe da cidade...
Amo a Natureza e ficaria muito feliz ,
se um dia tivesse que morar perto de um rio, vivendo da terra, plantando flores...

Explique como funciona a Casa dos contos:

A "CASA DOS CONTOS" é um projeto do Centro Comercial Expoville junto com o multiartista Humberto Soares.
é um novo espaço para contação de história em Joinville.
*Acontece todos os domingos à tarde (15:01h) com entrada franca para adultos e crianças.

O contador de histórias oficial do espaço "Humberto Soares" sempre está no espaço com uma nova história prá contar.
A "CASA DOS CONTOS" é um lugar sagrado onde a imaginação está guardada, onde os contos nascem...
É lá nessa casa encantada que surgem os personagens fantásticos que cativam adultos e crianças.

24 de mai de 2010

PROJETO ECOQUÊ










"Sempre tenho esperança. Se você perde a esperança, você perde um ingrediente muito importante de ser humano.
você deve acreditar que as coisas podem mudar e passar esse sentimento às futuras gerações."
WANGART MAATHAI, ambientalista queniana
Prêmio Nobel da Paz de 2004




PROJETO ECOQUÊ


Fui fazer uma oficina de consciência ecológica, os estudantes de Arquitetura e Urbanismo ( SOCIESC) ministraram .
ECOQUÊ é um projeto que visa a possibilidade de reutilizar de novas fontes na criação de mobiliários , utilizando matéria prima oriunda do lixo, indaga uma questão muito séria nos dias atuais – O que é lixo para você? Porque muitas pessoas vivem da coleta e venda de matérias recicláveis, então o que é lixo para alguns , para outros e meio de sobrevivência.
O projeto ECOQUÊ , rediscute o que é lixo , provocando uma nova consciência pautada na sustentabilidade e preocupada com a intervenção e a transformação do homem na natureza e sociedade.
Parabéns, jovens estudantes universitários. Belo trabalho

22 de mai de 2010

Compartilho emoções 2

Qualquer homem pode tornar-se grande, se realizar as coisas mais simples da vida , animado de um forte e sincero desejo de ser útil aos outros, seja qual for a sua profissão.
Eduardo Girão


Amorim, simplesmente muitas graças hoje e sempre.












Fonte: Jornal A Notícia - 22 de maio de 2010

21 de mai de 2010

Compartilho emoções


roda de conversa - alunos da Escola Municipal Germano Lenschow e os ex- ferroviários













Semana Nacional dos Museus


Compartilho com vocês um dia especial

“Por mais que meu mundo atual me forneça possibilidades de ser feliz, sou frágil demais para sustentar qualquer sonho. É só aqui dentro do Museu arqueológico de Sambaqui que me reconheço mais humano, que me permito um pouco de sossego, de nudez. È dentro deste museu desmascaro o homem que sou, trazendo á memória aquele homem que fui e que nunca esqueci.”

Rubens da Cunha – A Memória Ancestral Natural de Joinville, SC, escritor, possui poemas publicados em diversas antologias, sendo vencedor de vários concursos literários. Atualmente escreve para o Jornal A Notícia.


Em Joinville, quatro museus e espaços da memória promovem nesta semana eventos gratuitos em comemoração à Semana Nacional dos Museus.
Hoje levei a mamãe para um encontro especial na Estação da Memória, os ex- ferroviários e a família tiveram uma tarde descontraída, cultural, e com contação de história. A mamãe aproveitou o evento para doar à Estação da Memória - um alicate que papai utilizava na picotagem de bilhetes, pois era Chefe de Trem e também uma passagem antiga que ela guardava com carinho, nada melhor que o museu para preservar a memória.
As crianças e os ex- ferroviários partilharam momentos de troca de experiências que foi finalizado com um delicioso café com afeto.
Quando cheguei em casa recebi a ilustre visita de Rubens Cunha . Que pessoa maravilhosa, inteligente e amigo.Aprendi muito. O Rubens explicou para nós que o poeta é a antena da Nação. Amei!!!!!!!!!!!! Os livros que recebi com certeza irei partilhar em sala de aula. O Matheus aproveitou os momentos para sanar suas dúvidas de leitor e de pequeno aprendiz de poeta.
Agende-se

DIA 20,
ÀS 15 HORAS- Encontro com a memória especial, com alunos da Escola Municipal Germano Lenschow e os ex-ferroviários.-
Às 19 horas, exibição de vídeo “Burguesa” e bate-papo com Giane Maria de Souza, mestre em história e filosofia da educação pela Unicamp e educadora da Estação da Memória.
DIA 21,
ÀS 14 HORAS- Oficina de xilogravura com Ingrid Muniz.-
Às 19 horas, encontro “Mídia e Patrimônio: aproximações e problematizações”, com Afonso Imhof (historiador, professor e coordenador do departamento de história da Univille) e José Isaías Venera (jornalista, mestre em educação pela Univali e professor da Univali).
DIA 22,
ÀS 14 HORAS- Oficina “Ecoquê – O que é lixo pra você?”.
- Às 19 horas, encontro “Literatura: (Des) Construção Social”, com Taiza Mara Rauen Moraes (doutora em teoria da literatura pela UFSC) e Rubens da Cunha (escritor, poeta e mestrando em literatura pela UFSC).

18 de mai de 2010

Corupá: A Rota do Turismo



Leia o que Charles Zimmermann escreve sobre a de cidade Corupá.( Quem visita não esquece) Visite e acompanhe as aventuras deste professor que está aprendendo e ensinando de uma maneira própria de Charles : estudar com prazer aliado a cultura.
( charlespelomundo.com.br)

Corupá na Nova Zelândia

Rodando pela parte norte da Nova Zelândia, as belezas naturais de Corupá já me vieram a cabeça por algumas vezes. Do Morro do Boi ao Pico da Igreja. Das estradas pitorescas, que atravessam vales ligando a cidade com São Bento do Sul. Ou das estradas secundárias, por entre pequenas propriedades rurais, que ligam a cidade com Jaraguá do Sul. Das cachoeiras; da Broaca a Rota das Cachoeiras. Perguntei-me: que enorme potencial tem essa cidade para o turismo ecológico? Mas por onde começar? Quando se quer desenvolver um turismo alternativo numa cidade. Meses atrás perguntei a um amigo que vive em Corupá que é simpatizante desse tipo de turismo. Respondeu ele, sem rodeios: primeiramente e preciso que as pessoas realmente conheçam a cidade. E citou exemplos. Numa escola de Corupá perguntamos: qual e a montanha mais alta do mundo? - Todos responderam: o Everest. Qual e o ponto mais alto de Corupá? - Poucos souberam responder. Acredito também, se sair pelas ruas e perguntar aos corupaenses quantas pessoas já foram ate a ultima cachoeira da Rota das Cachoeiras, será difícil encontrar algum. Em Jaraguá do Sul também não é diferente. Saia perguntando quem já caminhou pelo Parque Malwee - o cartão postal da cidade. Vamos nos surpreender; não será fácil encontrar alguém. Assim como também será mais fácil encontrar jaraguaenses que conhecem melhor as praias do Nordeste que as praias do sul do nosso Estado.

E fácil compreender porque na Nova Zelândia, o turismo e a principal fonte de renda do pais. Turismo e uma das maneiras mais fácil e rápida de fazer renda. A saída para o desenvolvimento do Nordeste foi investir em turismo. A saída para Cuba, da crise pós União Soviética, foi investir em turismo. As belezas naturais que vi ate agora nesse pais são indescritíveis, porem o povo daqui vende muito bem essas belezas. Qualquer arvore centenária, qualquer área com grandes samambaias, qualquer vinhedo, qualquer ponte antiga, qualquer rio, qualquer fazenda que possui um ribeirão correndo pelo meio, transformam em atração turística. E as placas chamando para esses lugares, sempre com os empolgantes slogans: - venha ter uma experiência se hospedando numa fazenda! - venha descobrir as maravilhas da vida em realizar um rafting com a sua família neste rio! - venha sentir uma experiência única caminhando por uma floresta de pinus!. Nota-se que o neozelandês conhece muito bem seu país. Fala orgulhoso de sua natureza sempre num tom de estar em harmonia com ela. Admiram a natureza: e comum encontrar pessoas sentadas admirando um marreco com seus filhotes. Ou olhando para uma arvore tentando ver o pássaro que canta. Ou simplesmente observando as flores de um jardim.

Portanto falamos de Corupá, mas refletimos sobre nos mesmos. Se Corupá fosse na Nova Zelândia, certamente seria uma das grandes atrações desse belíssimo pais.

9 de mai de 2010

4ª parte Magia da Leitura











3ª parte Magia da Leitura

“ Selvagem não é a floresta, não são os rios, os igarapés, os animais, que nem mesmo aqueles que vivem aqui. Selvagem é a cidade, são suas ruas inóspitas, o asfalto que individualiza e embrutece os solitários trancados em seus carros, olhando tristemente para aquele mundo onde vivem, mas que desconhecem ou só vêem de passagem, como se não fosse seu...
Selvagem é a ganância...é o egoísmo... é a ignorância... é a incompreensão.
( Júlio Emílio Braz )

Turmas: 2ª01 , 202, 203 e 204
Livro: Aphrodite e as cerejeiras japonesas
Autor: Luiz Carlos Amorim
Para os alunos dos 2º anos escolhemos crõnicas que é um tipo de texto que nasceu no jornal e se caracteriza por narrar os fatos do cotidiano de forma artística e pessoal.
O cronista Amorim, é aquele que tem o olhar atento para os fatos do dia-a -dia: um pé de araçá no jardim (Minhas Árvores) o rio Cachoeira precisa viver(O Rio Assassinado)o cuidado e preservação com as Cachoeiras (A Rota das Cachoeiras em Corupá).
Consegue despertar a sensibilidade do leitor, seja divertindo ou para refletir criticamente sobre nosso mundo e o nosso tempo.
Desenvolvimento: escolhi algumas crõnicas do livro e dividi em equipes.
Proposta
1- Ler( indispensável)
2- Recortar e colar a poesia;
3- Cada aluno deverá comentar o que entendeu da poesia; ( assinar nome, série, escola e e-mail)( Para o cronista responder para equipe)
4- Um comentário pela equipe;
5- Título da Poesia e ilustração( relacionado com a poesia)
6- Grampear ou encadernar
7 Apresentação: no término do trabalho.
9- Uma equipe foi sorteada para fazer a biografia do autor.( teatro, música, cartazes – conforme a criatividade da equipe)
Vamos verificar como ficou???

Música:
Nasceu em Corupá

Nasceu em Corupá
Um grande poeta

Com grandes pensamentos e ensinamentos
Para as pessoas nesses e em outros tempos
Com seu imenso amor aos livros
Fez grandes gêneros líricos
E hoje está na ilha mais bela
Formando mais poesias
Com grande alegria

Nasceu em Corupá
A nova inspiração
Para nossa nação

Alunos: Alisson, Ângela, Jean P. Juliano
2 ano 01



Agradecimentos

Obrigada !!!!!!! Poeta Luiz Carlos Amorim e para meus alunos mil vezes obrigada pelo belo trabalho que fizeram. Amo muito vocês!!!!!!!!!!!!!!
Deixo para vocês com imensa gratidão uma mensagem de Augusto Cury

Pense Nisso

Há duas maneiras de se fazer uma fogueira:
Com sementes ou com madeira seca. Qual você prefere?
Muitos preferem a madeira seca. Através dela podem fazer rapidamente uma fogueira e se aquecer. Mas um dia a madeira acaba e elas continuam a ser vítimas do frio.
Qual a melhor opção? As sementes. Se você a escolheu, parabéns! Por quê? Porque plantando as sementes, você terá uma floresta e nunca irá lhe faltar na hora. Os resultados rápidos são efêmeros, temporários.
Plante as sementes na sua escola, no trabalho, no namoro, entre seus amigos.Plante sementes para ser um extradordinário ser humano, um fantástico estudante, um fascinante profissional... Prefira as sementes.
Desejo que cada um de vocês brilhem onde estiverem, pois o mundo precisa de pessoas como vocês





5 de mai de 2010

Será que está despertando um poeta????




Matheus a avó Elvira.( Fica sempre um pouco de perfume nas mãos que oferecem rosas)


"É por isso que a experiência de ter mãe já é uma experiência antecipada da eternidade. Ela sempre foi a mão mais próxima. E por que não dizer, a promeira mão que Deus nos ofereceu na experiência de sermos humanos."
(Tempo: saudade e esquecimento .Pe Fábio de Melo)





Minha surpresa foi receber de meu filho Matheus o poema Meu relógio da vida, será que está nascendo uma veia poética aqui? Tomara!!. Matheus, amei e amarei eternamente você e o Lucas. Para as mães com carinho.

Meu relógio da Vida

Mãe, você para mim é um relógio, mas não qualquer relógio um relógio lindo e bonito todo enfeitado. Você é um relógio, pois esta sempre em movimento fazendo seu tic-tac a todo segundo.

Quando vejo este relógio belíssimo eu sempre me lembro de meus compromissos como você faz comigo todo dia lembrando-me que é hora de descansar ou de trabalhar, pois você é isto para mim, sempre no horário nunca se atrasa. Quando chego atrasado você fica triste, pois eu fiz uma coisa, horrível, mas quando chego no horário adequado você não fica feliz por fora, você já diz que eu tenho que fazer algo. Mas eu acho que você fica muito feliz, pois sabe que tem um filho que cumpre horário e promessa.

Por isso, é o meu relógio do coração, sempre fazendo seu tic-tac, tic-tac, tic-tac deixando meu coração cada vez mais alegre e contente, de ter você ao meu lado.

Te amo, meu relógio da vida

autor: Matheus Schiochet

2 de mai de 2010

Mais um presente!!!!


Recebi da querida blogueira Mirian( miriandecor.blogspost.com) com decorações fantáticas e projetos maravilhosos.
O prêmio Dardos é uma espécie de reconhecimento para o blogueiro dedicado.
Segue algumas normas:

1- Exibir a imagem do selinho em seu blog.
2- Mencionar o blog da pessoa que enviou.
3- Escolher quantos blogs quiser entregar.

Vamos lá!
luizcarlosamorim.blogspot.com
osestadosdaalma.blogspot.com
gvpoeta.blogspot.com
leandroaugusto.blogspot.com