28 de nov de 2009

Encontro Marcado com Fábio Brügermann




Leia para se original
Fábio Brügermann



Enquanto fazíamos os últimos preparativos para o Encontro Marcado com o escritor Fábio Brügermann, (projeto louvável da Unimed) ele foi chegando de mansinho, calmo, paciente nos conduziu ao seu mundo.
Descobrimos que gosta de ler de tudo, porém filosofia e a sua paixão.
Valoriza todos os escritores Oswald de Andrade e Guimarães Rosa - é fã de carteirinha. Para Fábio a leitura é o ponto culminante para que haja mudança no Brasil.Aquele que lê não é enganado é um cidadão crítico.
Não esqueceu os políticos - só pensam em asfalto e não no povo, claro, não raras exceções. E que hoje neste encontro fizemos política, quando buscamos mudanças somos políticos, acrescenta Fábio .
A tecnologia é válida desde que utilizamos com senso crítico. O Estado deveria investir em tecnologia para vocês (alunos) terem acesso aos saberes de diversos modos. E fez um apelo : Deslique a TV e abra um livro .
Após o Encontro Marcado ocorreu o momento de tietagem e, partimos um delicioso bolo para energizar o corpo, pois a mente já estava saciada.
Obrigada !! Fábio, meu agradecimento e um pouquinho de Fernando Pessoa.


A Literatura une as pessoas - o menino sem saber o que estava acontecendo participou do Encontro Marcado .



SONHE COM ESTRELAS – Fernando Pessoa

Sonhe com estrelas, apenas sonhe,
elas só podem brilhar no céu.
Não tente deter o vento,
ele precisa correr por toda parte,
ele tem pressa de chegar, sabe-se lá aonde.
As lágrimas?
Não as seque,
elas precisam correr na minha,
na sua, em todas as faces.


foto para a posteridade. O princípio da sabedoria é a simplicidade

O sorriso!
Esse, você deve segurar,
não o deixe ir embora, agarre-o!
Persiga um sonho,
mas, não o deixe viver sozinho.
Alimente a sua alma com amor,
cure as suas feridas com carinho.
Descubra-se todos os dias,
deixe-se levar pelas vontades,
mas, não enlouqueça por elas.


Perguntas,perguntas... respostas sábias e reflexivas


Abasteça seu coração de fé ,
não a perca nunca.
Alague seu coração de esperanças,
mas, não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.





Se sentir saudades, mate-as.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!
Circunda-se de rosas, ama, bebe e cala.
O mais é nada.



Observando a decoração - relacionada com que ele gosta e escreve.


Chegou o grande dia!!!

25 de nov de 2009

Comparativo entre Vidas Secas e À moda de Bertolt Brecht





2ª 2
Ao término do teatro as equipes fizeram três atividades escritas: resumo de livro Vidas Secas( em sala de aula), comparativo entre as leituras do livro e a crônica: À moda de Bertold Brecht de Fábio Brügemannn e por último a releitura .

“O maior legado de Vidas Secas é o de uma escrita em que é possível reconhecer a linguagem no processo de tornar-se literatura. "


Veja:
Vidas Secas e Fábio Brügemann

A diferença entre "Vidas Secas" e À moda de Bertolt Brecht é que : Vidas Secas representa uma realidade que algumas pessoas passam fome e miséria, já À moda de Bertolt Brecht é uma vida boa, é a realidade uma comparação da vida real.
O Vidas Secas querem simplesmente uma vida melhor para eles e para seus filhos e no texto Á moda de Bertolt Brecht eles têm o futuro bom, e querem um futuro melhor do que eles já possuem, talvez até queiram um governo que saiba governar, crianças em casas brincando, lugares onde amigos poderiam se reunir para conversar, entre outras coisas que nós queremos para o nosso Brasil melhorar.
O livro Vidas Secas não possuiímuitos pontos positivos, o único é que eles tiveram uma festa na cidade.
Podemos considerar pontos negativos,: a seca, a miséria, vida simples, humilde e sem destino. Já os pontos positivos do textos do Fábio Brüggemann é que eles possuíam uma vida melhor, com diversão e moravam em uma cidade bem sucedida. Os pontos negativos, são que havia muita corrupção e muita falta de segurança na cidade, devido ao vandalismo.
´De modo geral, tanto no livro Vidas Secas, quanto no texto da Á Moda de Berlot Brecht, eles querem um futuro para as pessoas, sem miséria, sem violência, sem corrupção, para ter uma sociedade melhor. Direito para todos e não para meia dúzia que estão no poder.

Alunas: Ana Paula, Ariane,Amanda,Daniela, Ariane,Débora., Thaise, ( 2 ª1)




Somos o que queremos ser


No livro Vidas Secas, Fabiano, Sinha Vitória e os meninos viviam uma vida sem muitas escolhas, onde sempre tinham os mesmos hábitos, ouviam as mesmas palavras, onde os meninos cresceriam e ficariam como o pai e seria assim por gerações, quando Fabiano vai para a cidade, e vai para um mundo novo, um mundo de escolhas, podendo escolher onde os filhos vão estudar e muitas outras escolhas que pode levar a um um mundo bem mais perigoso.
Fábio Brüggemann conhece esses perigos e fala de suas escolhas, do que ele pensa que é bom, de como ele pensa que é melhor viver.

Equipe: Ana Camila
Arielle Klug
Bianca Nayara
Lislen Gaspar
Série: 2º ano 01



À Moda de Bertolt Brecht e Vidas Secas

Vidas Secas fala sobre a fazenda, os filhos, o sofrimento, a família, os animais, sobre coisas boas e coisas ruins, a cidade para onde a família vai, os jovens que os ajudam, e “À Moda de Bertolt Brecht” fala de comparações, como filhos que também são amigos, livros que cheiram bem, trabalhos que dão prazer, paisagens, cidades que não têm meninos se drogando nas ruas, esperas de quem tem fome, sofrimentos e felicidades.
Os dois textos falam de coisas boas e de ruins. A família de Fabiano passou por muito sofrimento, alguns diferentes do texto dois -,mas, semelhantes, e depois foram pra cidade começar uma vida nova.

Alunos: Franciellen Barbosa Serie: 2º 02
Jessica Pietro
Jackson
Nelson
Magnon
Peterson
Willian Bernadino
Priscila

Comparativo entre: Vidas Secas e À moda de Bertold Brecht

O livro Vidas Secas tem na cidade o que mais eles procuram e precisam que é a ajuda, eles querem construir um futuro melhor,uma vida melhor sem sofrimento, e dor que, foi o que passaram por muito tempo e isso faz com que eles busquem a realização de seus sonhos como por exemplo: a cama descente a qual Sinha sonhava muito ou mesmo uma vida sem cansaço,sem sofrimento, um futuro melhor pra toda a sua família
Já a moda de Bertold Brecht relata sobre uma cidade diferente,ele quer dessa cidade mudança, uma cidade sem maldade, Fábio busca fazer com que as pessoas reflitam e vejam que a cidade a qual vivemos e que Fabiano chegou poderia ser assim que não é a única coisa em comum das histórias é a esperança que Fabiano tinha ao encontrar a cidade - e a esperança de Fábio quando conseguir ver uma cidade assim.

Alunos:Susan, Alyne Pereira,Aline Cunha , Luciano, Luan, Everton Vandianara,Karolem. 2 ª2


2ª5 Equipe Daiane



UM tenho um sonho.....

Quando pensamos na palavra cidade,logo nos vem a cabeça,beleza,industrialização,tecnologia,ou seja,uma vida melhor,e quando pensamos na palavra sertão,logo nos vem a cabeça,fome,miséria,mortes ou seja,as piores coisas da vida,mas devemos saber nos aprofundar melhor nos assuntos,assim podemos julgar melhor as coisas,e pensar melhor em tudo ao nosso redor.
Na cidade,todos vão em busca de melhores condições de vida,mas nem sempre encontram o que esperam,chegam a tão sonhada e maravilhosa cidade,encontram ruas com buracos,fumaça em toda parte pessoas com pressa o tempo todo,e então finalmente se dão conta de que a tão magnífica cidade,não é tão magnífica assim,e então,por um breve segundo,sentem falta de toda a simplicidade da vida que a tão pouco tempo era considerada por eles mesmos miserável.
Mas o que todos querem?O que todos buscamos?Para que vivemos?Qual é o nosso objetivo?Uma simples palavra capaz de expressar tudo o que sentimos,mas ao mesmo tempo,também capaz de trazer tanta tristeza.Felicidade,por isso fazemos qualquer coisa,matamos,mentimos,roubamos,por essa palavra que julgamos ser simples,mas que na verdade,é tudo o que precisamos para ter uma vida com dignidade.


Regras, as que devem ser quebradas sempre


Ao analisarmos o livro "Vidas Secas" e "À Moda de Bertolt Brecht" podemos notar, que ambos os textos caminham em uma linha paralela, na qual querem mostrar a realidade da vida e que o mundo é feito de escolhas e só depende de nós irmos em busca da melhor escolha para que podermos ter uma historia de vida digna.
Os dois textos focam no tema "cidade" que é um lugar com multiplas opções onde você pode fazer a escolha que pretende tomar para sua vida seguir um rumo.
Os personagens buscam na cidade um lugar melhor, para se viver sem medo e contruir seus lares em um mundo onde as pessoas respeitam, as diferenças.
Igual a nós os personagens dos textos necessitam de um ambiente agradável onde possamos expressas nossos sentimentos, conviver com pessoas que tenha ética e sabem viver junto a sociedade em um lugar digno para morar.


ALUNOS:
Bruno Vieira
Franciele Fortunato Weise
Joicy de Oliveira
Luan Carlos Dalcin
Marcos Ricken

2ºano3
E.E.B.Dr Jorge Lacerda








23 de nov de 2009

Vidas Secas – uma encenação rápida e descontraída

Deixei a proposta: ler o livro Vidas Secas de Graciliano Ramos, precisei afastar-me e... quando retornei o Vidas Secas estava mais seca do que a vida de Fabiano . Para conseguir acender a chama da leitura resolvi fazer um teatro rápido (ano acabando)
Dividi em 5 equipes e cada equipe seria responsável por 2 capítulos do livro. Veja as fotos. Reclamaram mais do que a família de Fabiano, mas saiu algo muito criativo. Viva a imaginação. Valeu, pessoal. Amo vocês..

"A palavra não foi feita para enfeitar, brilhar como ouro falso; a palavra foi feita para dizer" (Graciliano Ramos)


Fabiano encontrou uma casa e abrigou-se ali,mas logo o dono, fazendeiro,
tentou expulsá-lo.Fabiano aceita permanecer na casa, ofereceu seus trabalhos ao fazendeiro.
( Essa equipe aproveitou o material que ia para o lixo para fazer um trabalho ecologicamente correto) 2ª 5




A cachorra Baleia - no decorrer que a narrativa transcorre, Baleia "Humaniza-se", ao passo que todo o resto da família " animaliza", em um processo constante de inquietação. (2ª5)
A cachorrinha Baleia carrega consigo um préa.


Embora a Presença do marido a deixe segura, Sinha Vitória sente medo da seca.( 2ª3)


Depois de vários desencontros, o fazendeiro despede Fabiano e agora sua família retorna ao círculo de andança. ( 2ª 3)




A lembrança da morte do papagaio e cama de lastro de Tomás da Bolandeira , deixa Sinha Vitória sem esperança.( 2ª2) Tarcísio sempre o escolhido para auxiliar.




Apesar da seca a família resistia .
Ambiente de seca e vida dura.A falta de comunicação era constaste (2ª 5 ) Viraram o cartaz e... veja a nova imagem




Encontro do soldado amarelo com Fabiano na cidade. (2ª7) Priscila emprestou os bonecos do irmãozinho.


Busca do menino mais novo pela palavra inferno - sem resposta esconde-se. (2ª



As trapaças do patrão o perturbavam e as contas de Sinha Vitória sempre mostravam que eles estavam sendo enganados. (2ª3)


"Vamos para cidade grande cheia de pessoas fortes.Os meninos em escolas ,aprendendo coisas difíceis e necessárias... O sertão mandaria para a cidade homens fortes e , brutos, como Fabiano, Sinha Vitória e os dois meninos."

22 de nov de 2009

Respeito Mútuo

Passar um ano sem falar de Bullying é meramente impossível. As agressões físicas ou perseguições psicológicas são tão antigas quanto a cartilha, mas somente nos últimos anos, com a popularização dessa palavra é, que está sendo levada a sério. Bullying é um termo que designa um tipo de violência escolar. É caracterizado por insultos, apelidos provocativos e muita humilhação. A escola , família e a comunidade têm obrigação de não permitir o bullying.
Os 6ª anos fizeram as atitudes de praticantes de bullying e não praticantes.


Tailine 6ºB


Richard 6ºB


Jaqueline 6ºB


Ana Sabrina 6ºB


Gabriel 6ºA

19 de nov de 2009

Sinta o perfume de Joinville!!!

Joinville está coberta de cores, aromas e encantamentos.
Venha renovar-se com a magia das flores.
Programação




20/11 - Sexta-feira10h - Dançando na Escola - E. M. Dr. José Antonio Navarro Lins Coreografia "Hoje tem um espetáculo" (livre)
10h15 - Dançando na Escola - E. M. Dom Jaime de Barros Câmara -Coreografia "Quando a primavera chegar" (jazz)
10h30 - Apresentação das Cheerleaders do Time Joinville Gladiators
12h - Apresentação Musical Paulão e Carlos
14h - Aula de dança de salão - Prof. Fábio Simões
15h - Aula de dança de salão - Prof. Maycon dos Santos
16h - Dançando na Escola - E. M. Enfermeira Hilda Anna KrischCoreografia "Caminhos" (jazz)16h10 - Dançando na Escola - E. M. Vereador Curt Alvino MonichCoreografia "Curtindo o Tempo da Brilhantina"
16h15 - Dançando na Escola - E. M. Deputado Lauro Carneiro de LoyolaCoreografias "Verdadeira Tradição Alemã"Coreografia "Baile do Chopp" Coreografia "Die Blumen Goeter" (popular))
16h30 - Dançando na Escola - E. M. Prof. Lacy Luiza da Cruz FloreCoreografias "Província Francesa/Festa da Colheita"Coreografia "Questo Contagioso Ritmo" (popular)
16h40 - Dançando na Escola - E. M. Prof. Virginia SoaresCoreografia "Maculelê" (popular)Coreografia "Hip Hop Girls" (Dança de Rua)17h30 - CHHAI Casa de Hip Hop - Participação dos alunos da ACE
18h - Grupo Cultural Aruandê Capoeira
19h - Grupo de Dança de Sapateado Schuhplatter Tanz Gruppe
19h30 - Apresentação Musical com o TRIO VIOLA21h30 - Baile Show com OS MONTANARI

21/11 - Sábado A Festa é das Flores, da Dança e da Música

11h - Grupo Folclórico Germânico Silberflusss
12h - Apresentação Musical Os Regionalistas
14h - Escola de Ballet Morgenau de Curitiba
14h30 - Coral Ajorpeme
15h - Academia Vadinho de Karate e Cultura Física
15h15 - Grupo Paiee Infantil de Dança15h30 - Coral Municipal de Alto Feliz
16h - Grupo Folclórico Windmühle
16h30 - Grupo Folclórico Windmühle
17h - Grupo In Transe de Dança de Rua
17h30 - Grupo de Street Dance Colégio Tupy
17h35 - CHHAI - Casa de Hip Hop18h - Grupo de Dança de Sapateado Schuhplatter Tanz Gruppe
19h30 - Show Grupo AROEIRA21h30 - Show Nacional 14 BIS

21/11 - Sábado - Área ExternaA Festa é das Flores e do Lazer ao Ar Livre

Domingo 22/11

14 às 18h – Rua do Lazer
14h - Espetáculo de teatro da Univille
16h - Capoeira Grupo Cultural Aruandê
22/11 – Domingo14 às 18h – Rua do Lazer
10h - Dança Germânica Windmühle - Juvenil
10h30 - Dança Germânica Windmühle - Adulto
11h - Apresentação de Dança Árabe
11h30 - Grupo de Dança Colégio Machado de Assis
12h - Apresentação Musical Festimusik14h - Apresentação Musical Os Boêmios
15h - Baile show Musical JM
17h - Premiação Concurso de Flores
18h - Premiação das Orquídeas CampeãsMais atrações

A Festa é das Flores e de outras Atrações Especiais
Além da Exposição de Flores, o evento tem:
- Mercado de Flores e Plantas- Oficinas de Cultivo
-4ª Feira Jardim Casa & Lazer
-Parque Infantil-
-Artesanato e Produtos Coloniais
-Exposição de Carros Antigos
-Parede de Escalada
-Praça de Alimentação
-Choperias Artesanais
-Café Colonial nos finais de semana
-Amoço e Jantar Típico Alemão
- Espaço Cultural 180 anos de Imigração Alemã
- Sala de Cinema
- Premiação Concurso de Jardins
- Premiação das Orquídeas Campeãs






9 de nov de 2009

Insensatez 2

Estava guardando este vídeo com muito carinho para meus queridos alunos dos 6ª anos.
Justamente o tema do encontro de pais que participei no colégio do meu filho. A palestrante Isabel Parolin abriu um espaço para comentar o tema :Televisão.
Como estava afastada da sala de aula e agora retornei. Deixo para vocês lerem e comentarem. Segundo a psicopedagoga Isabel Parolin em seu site - comenta que assistir televisão é um dos passatempos mais importantes na vida de crianças e adolescentes.
Na relação televisor – crianças também aprendem. Mas a pergunta que se coloca é: Que tipo de aprendizagem? Muitas vezes pode-se aprender algo inapropriado ou inadequado.

Os problemas não são apenas detectados somente nos programas vistos, pois, encontram-se sob a influência de centenas de anúncios comerciais, muitos dos quais induzem a hábitos de alimentação nada saudáveis, estimulam o consumismo, difundem estilos de vida que associam a posse de bens supérfluos como fatores de sucesso, alegria e bem estar.
As crianças que permanecem mais tempo assistindo televisão correm um risco muito maior de:
- fazer menos exercícios;
- ler muito menos;
- aumentar de peso;
- apresentar pior desempenho escolar



Com uma orientação apropriada seus filhos podem aprender a usar a televisão de uma maneira saúdavel e positiva:

-estimular discussões com eles quando estão assistindo juntos a um
programa;
-evidenciar comportamentos positivos como a cooperação, a amizade e o
interesse pelos outros;
-fazer conexões com a histórias, livros, lugares de interesses e eventos
pessoais;
-conversar com eles sobre seus valores pessoais e familiares e como se
relacionam com o que está sendo visto no programa, comparando o que
estão vendo com eventos reais;
-deixe-os saber as verdadeiras conseqüências da violência;
-discutir sobre o papel da publicidade e sua influência no que se compra
Escola e família devem trabalhar juntas também nesse contexto. Não cabe
somente à escola trabalhar os efeitos negativos do excesso de exposição das
crianças frente à televisão.


"A sabedoria não nos é dada. É precisa descobri-la por nós mesmos, depois de uma viagem que ninguém nos pode poupar ou fazer por nós." (Marcel Proust)



Retornar é algo incrível, pois ficamos receosos de voltar e como seremos recebidos.
Podemos viajar o mundo todo, porém sempre voltamos para nosso porto seguro que pode ser nossa casa, nosso emprego, nossa família. O trabalho fez eu retornar a minha missão. O período de afastamento foi muito bom para proporcionar a saudade, a valorização e a gratidão (Que diga o 2ª ano 5 que até fizeram uma festa de chegada)
Só damos valor quando nós ausentamos ou perdemos alguém ou algo que amamos.
Obrigada para todos os alunos pelo carinho, amor e parceria. Tenho certeza que o sucesso de vocês futuramente será minha alegria.
P.S Senti a falta de alguns alunos que desistiram outros foram transferidos a Luciany(6ªC , está hospitalizada e a Munique do 2ª 2 está doente.


3 de nov de 2009

Insensatez

Retornando ao trabalho - deixo para meus adolescentes refletirem.


Cirurgia ou Lipoaspiração ?( Herbert Vianna)



Pelo amor de Deus, eu não quero usar nada nem ninguém, nem falar do que não sei,
nem procurar culpados, nem acusar ou apontar pessoas,
mas ninguém está percebendo que toda essa busca insana pela estética ideal é muito menos lipo-as e muito mais piração?
Uma coisa é saúde outra é obsessão.
O mundo pirou, enlouqueceu.
Hoje, Deus é a auto-imagem. Religião é dieta.
Fé, só na estética. Ritual é malhação.
Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor é ridículo,sentimento é bobagem.
Gordura é pecado mortal. Ruga é contravenção.
Roubar pode, envelhecer não. Estria é caso de polícia. Celulite é falta de educação.
Filho da puta bem sucedido é exemplo de sucesso.
A máxima moderna é uma só: pagando bem, que mal tem?
A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz,
não pensa em mais nada além da imagem, imagem, imagem.
Imagem, estética, medidas, beleza. Nada mais importa.
Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa.
Não importa o outro, o coletivo.
Jovens não tem mais fé, nem idealismo, nem posição política.
Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada.
Ok, eu também quero me sentir bem, quero caber nas roupas, quero ficar legal, quero caminhar correr, viver muito, ter uma aparência legal mas…
Uma sociedade de adolescentes anoréxicas e bulímicas, de jovens lipoaspirados, turbinados aos vinte anos não é natural. Não é, não pode ser.
Que as pessoas discutam o assunto. Que alguém acorde. Que o mundo mude. Que eu me acalme. Que o amor sobreviva.
‘ Cuide bem do seu amor, seja ele quem for