20 de dez de 2010

É Natal mais uma vez

Presépio - Catedral São Francisco Xavier (Joinville-SC)

Cartões vindo de Portugal para os alunos de Joinville-SC


Não poderia deixar de de comentar um pouquinho sobre o Natal. Os 1º anos o1 e 02 -leram contos, crônicas e poesias do escritor Luiz Carlos Amorim com o tema Natal após a leitura explicaram , encenaram e ilustraram. Com certeza o Verdadeiro Sentido do Natal ficou conosco.
Quero mais agradecer a Deus do que pedir, foi um ano de graças, lutas, conquistas, novas amizades e muita aprendizagem.
Desejo que o Natal esteja vivo em cada ano que se inicia para que possamos juntos viver o amor. Que a Paz e a Luz oferecidas por JESUS façam morada em seus lares e se irradiem em seus contatos e relacionamentos.
Que tudo perfeito para 2011 para todos nós.


Ilustração: O Verdadeiro Sentido do Natal (Alunos: Karol, Ellen, Bruno, Jackson, Eric, Marciel 1º ano 1)

6 de dez de 2010

Troca de afetividade


"É preciso navegar. Deixando atrás as terras e os portos dos nossos pais e avós, nossos navios têm de buscar a terra dos nossos filhos e netos, ainda não vista , desconhecida."
( Nietzsche)






Os alunos dos 6 º anos C, D da E.M. CAIC Mariano Costa, juntamente com os alunos da E.B. 2º e 3º ciclos Roque Gameiro de Portugal trocaram cartões de Natal .
Em Portugal a responsável foi a professora Maria Teresa Macedo( espacocoor. blogspot.com).
Confeccionamos os cartões e enviamos pelo correio. Os alunos do Brasil e os de Portugal estão ansiosos para a chegada dos cartões.

3 de dez de 2010

Uma vela para Dario ( Dalton Trevisan)

Alunas: Ana Paula, Amanda I, Daniele, Jeana .

Alencar, Roger, Ruan, Victor
Bruna A, BrunaK, Bruna S, Geovane

Lemos sobre o gênero conto e aprofundamos com a leitura do conto: Noite de almirante de Machado de Assis - feitas as devidas interpretações- vimos os elementos de uma narrativa.Escolhi o conto Uma vela para Dario, resolvi dividir em equipes .
Equipe 1 Escrever uma carta para família de Dario comunicando a morte de Dario.
Equipe 2 Música com o enredo do conto.( Paródia)
Equipe 3 Poesia contando em versos a morte e o comportamento do povo.
]Equipe 4 Uma entrevista ficccional( O Dalton raramente concede entrevista, pesquisaram sobre a vida do contista e elaboraram uma entrevista.
Equipe 5 Produzir um vídeo ( aqui uma pausa para dois pontos.a) falei que a equipe maior ( eles adoram fazer equipe enorme) seria responsável por "um pepino"eles fizeram e mandaram um recadinho para mim. O "pepino" foi bem feito por eles.
b) a palavra do filme correta é acesa não ascesa.
Após as apresentações fomos então verificar as interpretações e debatermos qual é a mensagem proposta pelo conto.


Alunos:
Annelise,Bruno, Gislaine, Grazieli, Jéssica S, Juliano, Lays, Roberto, Vandréia

1 de dez de 2010

Convite

Recebi do escritor Jura Arruda um convite. Você também está convidado.
Olha só que coisa bacana: neste sábado, a Dionisos Teatro vai apresentar a peça "Vila das Palmeiras", na Rua das Palmeiras. Uma montagem que aproveita a centenária rua no centro de Joinville como palco para criar uma vila onde os casamentos são proibidos.

Quem conhece a Rua em questão sabe que ela é (ou foi) o cenário favorito de 10 entre 10 recém-casados para fotos do álbum de casamento. Muito criativo, né? Acho que vai ser muito bom.

Tem mais:

No mesmo dia, às 20h no SESC-Joinville, acontecerá os lançamentos dos curtas "Making Of" (Fabrício Porto) e "Dor e Delícia" (Jura Arruda), além da exibição de "Um Ensaio" (Fábio Porto). É "de grátis" e quem for, ganhará o DVD da Mostra Cinevideo Joinville 2010 com os quatro curtas escolhidos pelo júri popular.

Não é legal tudo isso? Pois é. Espero você.






LEIA SOBRE A PEÇA DA DIONISOS AQUI:

Dionisos Teatro

apresenta

Os Alunos do Curso Livre de Teatro

em

“VILA DAS PALMEIRAS”

Estreia: 04 de Dezembro (Sábado)

Horário: 11 horas

Local: Rua das Palmeiras

Entrada Gratuita.

Obs.: Em caso de chuva: leve guarda-chuva!

Na Vila das Palmeiras cada morador é único e, por mais estranho que seja, cada um tem desejos, alegrias e tristezas. Tudo está tranquilo na Vila das Palmeiras, até que a notícia de um casamento chega aos ouvidos dos moradores. Notícia estranha, pois na Vila das Palmeiras casar é proibido. Quem seria o criminoso?

A montagem é criação coletiva dos atores do Curso Livre de Teatro da Dionisos deste semestre e tem direção de Eduardo Campos. O espetáculo nasce da junção dos elementos “espaço”, Rua das Palmeiras, e “construção de personagens” para viverem neste espaço. O resultado é um trabalho sensível com um olhar poético sobre os conflitos que enfrentamos todos os dias, principalmente sobre o que se quer para si.

FICHA TÉCNICA:

Texto: O Grupo

Elenco: Amanda Karine Rodrigues da Silva, André Luis Castanho, André Luiz Leite, Andreza Carolina Rodrigues da Silva, Camila Zunino, Carolina Spieker, Caroline Costa da Rosa, Daiane Costa da Rosa, Edgar Schatzmann, Graziela de Sousa, Lucas Jorge Muniz, Nilsa Terezinha Custódio Moreira, Sonia Regina Machado.

Assistência de direção: Dionisos Teatro

Direção: Eduardo Campos