24 de mai de 2010

PROJETO ECOQUÊ










"Sempre tenho esperança. Se você perde a esperança, você perde um ingrediente muito importante de ser humano.
você deve acreditar que as coisas podem mudar e passar esse sentimento às futuras gerações."
WANGART MAATHAI, ambientalista queniana
Prêmio Nobel da Paz de 2004




PROJETO ECOQUÊ


Fui fazer uma oficina de consciência ecológica, os estudantes de Arquitetura e Urbanismo ( SOCIESC) ministraram .
ECOQUÊ é um projeto que visa a possibilidade de reutilizar de novas fontes na criação de mobiliários , utilizando matéria prima oriunda do lixo, indaga uma questão muito séria nos dias atuais – O que é lixo para você? Porque muitas pessoas vivem da coleta e venda de matérias recicláveis, então o que é lixo para alguns , para outros e meio de sobrevivência.
O projeto ECOQUÊ , rediscute o que é lixo , provocando uma nova consciência pautada na sustentabilidade e preocupada com a intervenção e a transformação do homem na natureza e sociedade.
Parabéns, jovens estudantes universitários. Belo trabalho

6 comentários:

direitinho disse...

Ultimamente tem feito arte com o lixo e de verdade aparecem coisas maravilhosas.
Imaginação e bom gosto.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Matar a esperança jamais.

Adriana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adriana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adriana disse...

Seria de tão grande valor se todas as pessoa tivessem o habito de reciclar,
tenho certeza que viveríamos em um mundo muito melhor!
Hoje qualquer lixo sem valor,cria vida .
São projetos como estes,que faz pensar na situação de nosso planeta,em como vamos viver se continuarmos prejudicando ainda mais a mãe natureza...
O que nos resta é a esperança,esperança que os seres humanos tenham consciência que o ato de reciclar não é brincadeira,reciclar é coisa séria!

Mais uma vez obrigada Dona Mariza por postar algo tão importante em seu blog,algo de tanta importância que ainda tem gente que brinca...
Meio ambiente não é ,e ,nunca foi brincadeira .
Abraços.Adriana Coral Tillmann.

RETIRO do ÉDEN disse...

Adoro reciclar, faz parte de mim...mas junto muita coisa e depois há exagero.
Quando deito fora...verifico que afinal me fez falta o que foi para o lixo...rs.rs.
Bonito este tema e muito actual. As novas gerações tudo deitam fora...até a boa aprendizagem, o bom convívio o amor puro e são.
Abraço
Mer