23 de jan de 2011

Venha participar desta aventura em Santa Catarina

Parque de Aventura Fraiburgo SC

Enquanto eles colheiam eu.... registrava o momento e saboreava uma maçã.
Derrapamos bem no milharal.
Batismo de água
Aventura Radical
Campanário - em todas as casas são menores e colocados em cima das casas para simbolizar os imigrantes que utilizavam o sino para chamar o povo para o trabalho ou para avisos.



Escultora Mariana Thaler- neta do fundador de Treze Tílias
Museu em forma de Castelo
Sr. Ernesto Thaler relembrando sua história.
Pomerode - competição do serrrote em dupla.
Pausa para foto.
Lindos!!!!
modelito
Desfile típico


" Para qualquer lugar que você for, vá com todo seu coração!

Aproveitando até os últimos momentos da "nossa abençoada e esperada férias", fomos conhecer mais um pouco de algumas cidades de Santa Catarina.
Iniciamos com algumas horas em Pomerode , cidade já conhecida e visitada várias vezes por nós. Participamos da 28º Festa Pomerana é uma festa muito familiar com desfile típico e carros decorados com flores que chamam a atenção de todos. Assistimos o desfile com uma chuva torrencial, tivemos ótimos momentos regados pelo barulho da chuva. Continuando nossa viagem fomos até Treze Tílias que foi colonizada por austríacos. Andres Thaler devido a crise econômica veio para o Brasil e dá início de uma nova cidade. Tivemos a honra de conhecer o filho mais novo de Andreas Thaler Sr. Ernesto que, com seus 84 anos e uma disposição de jovem mostrou e explicou sobre a casa (hoje é um museu) onde morava com sua família.
A cidade é voltada para o turismo e a escultura em madeira veio com início da imigração
a família Thaler vivia da atividade agrícola, dedicando seu tempo à pintura e escultura.
O trabalho dos escultores é presença marcante na identidade cultural de Treze Tílias, preservando a tradição e movida ao mesclar de novas formas de expressão que traduzem hoje a sua brasilidade.
Em Fraiburgo vimos as belezas das macieiras - conhecida como terra da maça, na década de 30 os pioneiros, integrantes da família alemã Frey, se estabeleceram na região para extração de madeiras nobres. Com o final do ciclo madereiro, Fraiburgo encontrou sua verdadeira vocação e passou a se dedicar ao cultivo da maçã. . Graças à sua altitude, às baixas temperaturas no inverno e o veraõ ameno, a maçã é hoje cultivada em larga escala . Aproveitamos o tempo da colheita de janeiro até abril e fizemos um aventura ou melhor um verdadeiro Rally 5 km de puro lamaçal e muita chuva, até chegar as maçãs tão suculentas e deliciosas.
Deixo o convite para meus amigos blogueiros que gostam de emoção, cultura e lazer é só aparecer aqui. É um povo hospitaleiro e muito trabalhador.

10 comentários:

Luís Coelho disse...

Gostei muito do passeio e das fotos lindíssimas e carregadas de boa disposição e muita alegria.

Desejo para todos as maiores felicidades na descoberta desse Brasil encantador.

Taddeu Vargas disse...

Olá Marisa! O Marujo ficou com saudades do mar...e da brisa do saber, que encontro aqui. Parabéns pelo blog lindo, cada dia mais. Abraço forte e um belo final de semana.

Lúcia Soares disse...

Marisa, que bom chegar aqui e ver uma postagem tão boa e bonita! Fico deslumbrada com a riqueza, a beleza, do nosso Brasil. Mesmo que regiões do sul estejam mais ligadas à cultura europeia, o que vale é que, geograficamente, este é o nosso país!
Muito boas as fotos e as informações.
Conheci Santa Catarina (um pedacinho, poucos dias: Florianópolis e Itapema) e achei tudo o que vi muito bom.
Prazer em ser sua seguidora também!

pensandoemfamilia disse...

Olá

Passei para conhecer seu espaço e retribuir sua visita. Adorei acompanhá-la em seu passeio. Adoro viajar e compartilhar. Também estou voltando de férias e com um pouco para contar...
Volte sempre. Vc é muito bem vinda.
bjs

Danilo Sergio Pallar Lemos disse...

Primeiramente obrigado pelo comentário e visita em meu blog, segundo fiquei satisfeito demais de ser este blog de uma Catarinense,morei alguns anos em Joinville, no Bairro Itaum, estudei na escola Monsenhor Eduardo, sai de Joinville com 12 anos. Mas sempre retornei lá.

Danilo Sergio Pallar Lemos disse...

Primeiramente obrigado pelo comentário e visita em meu blog, segundo fiquei satisfeito demais de ser este blog de uma Catarinense,morei alguns anos em Joinville, no Bairro Itaum, estudei na escola Monsenhor Eduardo, sai de Joinville com 12 anos. Mas sempre retornei lá.
www.vivendoteologia.blogspot.com

Regina Rozenbaum disse...

Mariza, amada!
Ai que delícia viajar no meu túnel do tempo (janeiro de 1986, um FIAT 147 e um mês inteirinho viajando por esse Sul maravilhoso!) e saborear POMERODE com tudo que a gente tem direito!!! Lindas fotos...dilícia de férias merecidas.
Beijuuss n.c.

BLOG DO PROFEX disse...

Obrigado pelo convite. Já estive no Sul. Tudo é muito lindo! Mas ainda quero conhecer Fraiburgo e adjacências... Adorei ser seu seguidor. Grande abraço!

Odele Souza disse...

Muito interessante o seu blog Mariza, gostei muito. E muito obrigada pela visita e comentário no blog de minha filha Flavia. Obrigada também por nos seguir.

Um forte e carinhoso abraço.

Valquiria Calado disse...

Olá querida, saudades...Tenho vontade de conhecer tua terrinha, parece mesmo um encanto.

Beijinhos e bom fim de semana.