27 de ago de 2010

Por Mares Nunca Dantes Navegados (3)



“ Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”

1º ano 01
Equipe 1
1-Quais os pontos turísticos mais visitados em Portugal?
A capital, Lisboa, e o Porto, que é a segunda cidade mais importante, são os pontos mais visitados. Ambas são cidades recortadas por grandes rios, o Tejo e o Douro, e ambas situam-se junto ao oceano Atlântico, o que lhes confere uma luz extraordinária. Ambas são cidades muito, muito antigas, com centros históricos admiráveis, onde não faltam motivos de interesse para uma visita. A região mais a sul de Portugal, o Algarve, é a região com mais visitantes, se considerarmos o turismo de veraneio. De acordo com dados divulgados pela O.I.T. — a organização mundial do turismo, Portugal ocupa o 20º lugar entre os países mais visitados do mundo, com 12,3 milhões de entradas de visitantes estrangeiros registradas o ano passado. O Brasil, apesar da dimensão gigante, ocupa apenas o 36º lugar, com pouco mais de 5 milhões de visitantes estrangeiros registrados. História, golf, praia, lazer e congressos são os principais motivos de atração para os turistas estrangeiros que demandam Portugal.


Equipe 2
2-Portugal foi ou é um país pacífico?

Eduardo, de uma forma genérica, posso dizer que Portugal sempre foi um país bastante tranquilo, em matéria de guerras. Durante a Idade Média, travou inúmeras guerras com os reinos vizinhos, todos eles hoje agrupados na Espanha. Travou também guerras no norte de África, onde, aliás, perdeu um rei e a própria independência. Portugal foi invadido três vezes pela França, no tempo do Imperador Napoleão e com a conivência da vizinha Espanha, que a troco de manter-se neutral, permitiu a passagem das tropas francesas até Portugal; isso passou-se no início do século XIX e a independência do Brasil foi uma consequência desta guerra: a Inglaterra enviou tropas para combater contra os franceses em Portugal, mas exigiu que a família real fugisse para o Brasil. Quando o regime de Napoleão foi derrotado definitivamente e a paz restabelecida, o Rei de Portugal pura e simplesmente não quis regressar à Europa e entregou o reino ao seu irmão, proclamando-se apenas Imperador do Brasil. Não há mais nenhum caso na história do mundo de um rei que tenha desistido do seu reino em favor de uma colônia...
Os mesmos ingleses obrigaram Portugal a tomar parte da Primeira Guerra Mundial, que se travou de 1914 a 1919; os portugueses só foram mobilizados em 1917, chamados a honrar uma velha aliança, e o seu papel foi morrer à frente dos ingleses nos campos de batalha da Flandres, uma região da Bélgica, tendo sido usados como escudos humanos contra os alemães. Depois disso, os portugueses tiveram ainda uma guerra: a Guerra Colonial, que teve frentes em Angola, Moçambique e Guiné-Bissau. Esta guerra terminou sem vencedores nem vencidos, graças à revolução ocorrida em Portugal a 25 de Abril de 1974, na sequência da qual Portugal trocou o regime ditatorial por uma democracia e concedeu independência as colónias africanas, entregando mesmo países que foram descobertos completamente desabitados, como os arquipélagos de Cabo Verde e de São Tomé e Príncipe, ambos no Atlântico, próximos da costa africana, frente ao Senegal e ao Gabão, respectivamente.
Teatro vídeo ou foto


Equipe 3
3- A justiça é justa em Portugal? As leis são severas?

Talvez nunca ninguém possa dizer que a justiça dos homens é justa, em lugar algum. Porque a justiça será sempre falível, infelizmente. No entanto, caro Ricardo, mesmo sem que haja o sentimento de que a justiça é justa, em Portugal não há o sentimento de que a justiça é injusta. Espero que você tenha idade para compreender o que estou a dizer... Quanto às leis, não são assim tão severas: a pena máxima é de 25 anos e nenhum preso pode cumprir mais do que isso. Não é frequente que um juíz condene alguém à pena máxima e mesmo os que são condenados com 25 anos de prisão podem sempre conseguir uma redução de pena por bom comportamento; neste caso, a regra que se aplica é a de cumprir no mínimo dois terços da pena mais um ano.

Equipe 4
4- Como vocês vivem com tanta riqueza sabendo que os outros países estão morrendo de fome?


Você tem mesmo a certeza disso Jenifer? Bem, então tenho de explicar-lhe que Portugal, infelizmente, não está entre os países mais ricos. O Brasil é bem mais rico que Portugal! Todavia, Portugal tem também uma população pequena, de pouco mais de 10 milhões de habitantes, ou seja, 25 vezes menos do que a população brasileira, o que também limita a desigualdade. A Jenifer sabia que só no Brasil há 40 milhões de ricos? E como eles conseguem viver com tanta riqueza sabendo que os outros 220 milhões de brasileiros são pobres? Mas, para ser mais concreto na resposta, o povo português não reage com indiferença à pobreza; nem em Portugal, nem no mundo.


Equipe 5
5-O governo auxilia algum país pobres?


Sim, vários, nomeadamente as antigas colónias africanas, todas elas — Cabo Verde, Guiné-Bissau,, São Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique —, bem como a última colônia a tornar-se independente, Timor-Leste, no Extremo Oriente, entre a Indonésia e a Austrália. A recente tragédia no Haiti contou com Portugal entre as nações que contribuiram com ajuda técnica e humanitária.

8 comentários:

Professora Carla Fernanda disse...

Lindo!! Parabéns pelas informações sobre este belo país!
Boa noite e bom domingo!
Carla Fernanda

Leandro Ruiz disse...

Um país com culturas e lugares fantásticos... Um lugar lindo de conhecer...

Fique na paz de Jesus

Anônimo disse...

que foto linda que ficou de mim né?
ahahahah to brincando, ficou um trabalho bem feito de todos nós
lucas rodrigues 1ano1
jorge lacerda.

andressa steider albano disse...

adorei as fotus...
bom adorei ter apresentado um
trabalho que tem muitas informações boas sobre portugal,,, foi mesmo um ótimo trabalho profª.
andressa steider albano 1ª1
jorge lacerda!!!!

Grupo de Evangelização Luz Divina disse...

"Deus é nosso refúgio e nossa força, uma ajuda presente ante os problemas."

Shalon adonay

Alma Inquieta disse...

Olá,

passo para dizer-te que não saberia viver sem os meus amigos.
Para ti, que fazes parte deles, vai o meu carinho e o meu agradecimento em forma de palavras escritas no meu blog. A acompanhá-las há um presente feito especialmente para ti...
Visita o meu Estados de Alma e verás...

Um beijo.

Beti disse...

Sim Mariza !
Passo para te dizer quão belo é o teu trabalho com os seus alunos, sempre buscando desenvolver curiosidade e muito cultura. pois esta manifestação creio que ficará gravada para sempre em suas mentes, cultura imaginação e muito carinho que você dá a eles, parabéns, parabéns, parabénsssss.

Mel Redi disse...

PARABÉNS QUERIDA! Belíssima postagem! ADORO PORTUGAL! Grande abraço, Mel