27 de jul de 2016

Um pouco de Itá

    Aproveitamos o tempo de recesso escolar para conhecer mais uma cidade de  Santa Catarina: Itá ou Nova Itá . Como??Velha Itá? Sim!!!  A força do progresso falou mais alto e, foi construída  a Hidrelétrica  Itá- produzindo energia para o povo,mas não foi tão fácil assim, pois a  proposta era que a cidade de Itá seria inundada ou melhor ficaria a sua história debaixo do rio Uruguai.
   Com muita  polêmica, acordo, desacordo e muitos anos para concretizar  o projeto.  Suas  propriedades agrícolas , seus hábitos , danças, comidas típicas, dialeto, artesanato , produção  enfim, seu patrimônio cultural seria locado para outro território. Sabemos que patrimônio cultural é  formação de uma comunidade, representa a cultura de um povo, saberes que foram passados de geração  em geração. A herança coletiva de um povo , por isso é importante preservá-los para manter viva a história e a sua memória.
         Para preservar o valor cultural e o modo de viver dos antepassados :as edificações,  objetos lendas, culinária tudo que formam a identidade , um grupo.
Os responsáveis  pela criação da Usina Hidrelétrica fizeram uma amplo estudo de cada casa, medidas e como  cada morador  queria  ocupar o seu  espaço  na Nova Itá.  Construíram  duas réplicas das casas: Casa de Cultura Alberton com todos os detalhes de uma casa tipicamente germânica  e  Museu  Casa    Camarolli  com  traços  italianos.
     Cada família que tinha um ente enterrado na velha Itá - foi convocado em um determinado dia e hora para fazer a retirada da ossada - até o novo cemitério,momentos de comoção e choros  A comunidade de Itá fez uma exigência: A igreja São Pedro ,situada no morro,  não seria inundada, pois  foi construída no morro. Acataram  o pedido.
Toda cidade antiga de Itá foi inundada , mas as torres da igreja ficaram pra lembrar e, sempre ter celebrações .( com lanchas  ou perto das torres.)
   Fomos visitar o Recanto do Balseiro, onde toda história é contada. Ass lágrimas sempre teimam em cair ao lembrar de como o progresso rápido  vai tentando apagar  os registros de uma comunidade, porém Itá conseguiu administrar muito bem ..
   Veja mais alguns lugares que visitamos.
                                Local de passeio com balsas
                                    Conhecendo o   Recanto dos Balseiros
                                As torres ficaram para preservar a história de Itá.

                      Passeamos pelo Horto Botânico e  fizemos a Trilha Serelepe.
           Bom ficar bem pertinho do cheiro de natureza.
              A Bússola era o ponto final da Trilha Serelepe
                         O Horto Botânico e a Trilha são interligadas.

                                   Metas para todos
                      Uma vista  espetacular.
 

 Visitamos a Cachaçaria  Simon- lugar de um bom bate- papo.
            Roteiro Rural - Casa  da família que produz  açúcar mascavo
                        Melado, bala de melado, açúcar mascavo
                  Nossa!! Olha a quantidade de açúcar que é produzido
 Queríamos ver a produção de açúcar, mas os homens foram cortar cana . Registrei o momento com a  a mãe a mãe e a filha. Dei para ela  algumas réguas do projeto de leitura :
https://www.facebook.com/livroparatodos/?fref=tsa . Fiquei triste por não ter livros e algumas bonecas para doar para ela.

                        Vinhos, amigos e toda a história da família Quadros
                 A bike fez meu coração bater mais forte
                   Aprender como  se faz vinho
                      No Centro da cidade a  réplica da igreja antiga

 Recordar



Réplica da  balsa que utilizavam no inicio  da fundação de Itá


                             Passeio pelo Zoo/ arvorismo


Foi um passeio muito instrutivo, prazeroso e de um povo muito atencioso com os turista.

Um comentário:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Parece muito aconchegante, parece bem cidadezinhas européias, pequenas mas confortáveis, arrumadinhas. Muito bonita.