26 de ago de 2015

Tob parte 3

 Ler, debater, pesquisar  e colocar no papel todas as ideias foi um pouco demorado. O processo de escrever  e imaginar o que  podem colocar no papel é lento e exige dose de paciência e otimismo.

Escrever e ler são formas de fazer amor. O escritor não escreve com intensões didático – pedagógicas. Ele escreve para produzir prazer. Para fazer amor. Escrever e ler são formas de fazer amor. É por isso que os amores pobres em literatura ou são de vida curta ou são de vida longa e tediosa."
Rubem Alves


Nomes: Vinicius Alexandre K. Mello Série: 9° ano C Data: 19/02/2015 Entrevista
1. Com quantos anos começou a se interessar pela leitura?
R: Desde pequena sempre fui apaixonada por livros e gosto de ler desde que aprendi.
2. A história é fictícia?
R: A história é fictícia, mas baseada em fatos reais.
3. Você tem ou já teve animais de estimação?
R: Sim, tenho 2 cachorrinhas (Minnie e Bella) e 2 calopsitas (Tony e Mel).
4. Você escreveu alguma outra história ou pretende escrever?
R: Sim. Já tenho outras escritas e estou escrevendo mais.
5. Que livros você leu que você mais gostou? Algum deles a inspirou a começar a escrever?
R: O pequeno príncipe foi o que mais gostei. Não, nunca consegui escrever após ler um livro.
Comentário: Achei interessante a história além disso é algo que realmente poderia acontecer e também o fato de ter sido escrito por uma criança de 6 anos é algo impressionante.


Nomes: Amanda Doudat e Ketherine Doudat. Série: 9° ano C Data: 19/02/2015 Entrevista
1. A história do Tob realmente aconteceu?
Não.
2. Tem alguma ideia futura para a continuação do livro Tob: “O cachorro campeão”?
Os próximos já estão sendo escritos.
3. O que te inspirou a escrever este livro?
A minha vontade de ter um cachorro e não poder.
4.O que você acha da ideia de adotar um animal?
Muito legal e é uma atitude muito bonita.
5. O que você estava pensando quando escreveu o livro?
Estava pensando em ajudar os animais de rua.
Comentário: Gostamos demais do livro. Achamos muito inspirador pelo fato de uma criança de 6 anos ter criado esta história. Provavelmente ela será uma ótima escritora. Esperamos que ela faça mais livros, e quando ela fazer, vamos comprar!

Nomes: Amanda Loren e Karolayni Rodrigues Série: 9° ano C Data: 19/02/2015 Entrevista
1. O Tob realmente existe ou é apenas ficção? Caso ele existir, é seu? Se não, de onde surgiu a ideia?
Uma ficção, mas é baseado em fatos reais. A ideia surgiu porque meus pais não deixavam eu ter um cachorro.
2. Qual seu gênero favorito? E autor?
Aventura. Meus autores preferidos são: Ziraldo, Mauricio de Souza, Monteiro Lobato e Talita Rebouças.
3. Você já escreveu outros livros? Se não, tem em mente fazer outros livros?
Sim, já escrevi outros e continuo escrevendo.
Comentário: Gostamos muito do seu livro e admiramos seu talento, esperamos ouvir sobre novas autorias de sua parte. Boa Sorte! Te desejamos um futuro brilhante.

Nomes: Victor Hugo e Alan. Série: 9° ano C Data: 19/02/2015 Entrevista
1. O que levou você a fazer a história?
A vontade de ter um cachorro
2. O nome do cachorro é mesmo Tob?
Da história sim, mas não tenho cachorro chamado Tob de verdade.
3. A história é baseada em fatos reais?
Sim.
4. Você tem mesmo o cachorro? Que raça ele é?
Não tenho o cachorro, é fruto da minha imaginação. Mas tenho duas cachorrinhas a Minnie e a Bella.
5. Alguém te ajudou a fazer a história?
Não.
Comentário: Não achamos muito legal, muito legal você ter apenas 12 anos, e já ter escrito um livro, esse livro sendo lido por muitas pessoas e sendo elogiado também. Continue com esse bom trabalho, que você tem futuro.





Nomes: Emerson Fernandes e Lucas Matheus Série: 9°ano C Data: 19/02/2015 Entrevista
1. Isso que aconteceu no livro foi verídico?
Não. Eu imaginei a história toda.
2. Você tem um cachorro?
Sim, 2 cachorrinhas a Minnie e a Bella.
3. Com que idade você demonstrou gosto pela leitura?
Desde muito pequena sempre fui apaixonada por livros e gosto de ler desde que aprendi.
4. Porque você pois o nome de Tob no cão?
Nem eu sei, rsrsrsrs.
5.Se você teria um cachorro ou tem, qual nome você colocaria?
Eu tenho duas cachorrinhas, a Minnie e a Bella.
Comentários: Emerson Isso é muito interessante porque fala sobre o cão Tob e pergunta sobre os cachorros. Lucas Eu achei essa história muito legal pois me lembra a história da CAICA que também foi adotada, ela não é uma campeã de corrida mas é uma campeã por ter enfrentado as surras da vida e ter continuado em pé.

Nome: Daniel Lucas Série: 9° ano C Data: 19/02/2015 Entrevista:
1. A história do Tob é verdadeira?
Não, é fictícia.
2. Quando surgiu a ideia de fazer um livro?
Aos 6 anos, quando já sabia ler e escrever, resolvi escrever o livro para publicar e com a renda ajudar os animais de rua. Mas meus pais foram me enrolando, rs, dizendo que um dia o fariam, algum tempo depois fiquei doente e então com a ajuda da pedagogia hospitalar, conseguimos publicá-lo e só que agora a renda é para a minha reabilitação e para ajudar os animais.
3. Você já fez outras histórias?
Sim, mas ainda não estão publicadas.
4. Pretende fazer outros livros?
Sim, já estou escrevendo.
5. Qual sua fonte de "inspiração"?
Situações em que eu vivo e fatos da vida real.
Comentário Mesmo o livro sendo para crianças, gostei do conteúdo do livro, achei bem animado e interessante. Não achei que a história teria um final tão legal. Para uma outra história, você poderia fazer um amigo para o Tob, eles poderiam vicer outra história.

Nomes: Eric Eredes, Raphael Dutka e Luis Gustavo Série: 9° ano C Data: 19/02/2015 Entrevista:

1. Este livro é baseado em uma história real?
Não, é fictícia.
2. Qual o autor que você mais admira?
Ziraldo, Mauricio de Souza, Monteiro Lobato e Talita Rebouças
3. Você só tem o livro do Tob ou tem mais algum?
Publicado só o Tob, mas tenho outros.
4. Qual foi sua inspiração para criar este livro?
A minha vontade de ter um cachorro.
5. Você pretende criar outros livros?
Sim, já estão sendo criados.
Comentário Gostamos muito do seu livro, pois informa um fator que acontece no dia a dia, onde tem muitos cachorrinhos abandonados nas ruas. Muitas pessoas também maltratam este lindo bichinho. Os pais as vezes até adorem a ideia, outros gostam mas não podem ter e tem pais que não gostam. Parabéns pelo livro!

Para finalizar
Quem é a Beatriz: Uma criança que venceu o câncer, publicou um livro e está se reabilitando para ter sua vida de volta.
Nome: Beatriz Peres de Oliveira
Nascimento: 09 de março de 2003
Peso: 38
Altura: 1,68
Signo: Peixes
Pai: Artur de Oliveira
Mãe: Fabiane Peres de Oliveira
Irmãos: Não tenho.
Passatempo preferido: Escrever
Estado civil: Solteira
Pessoa que admira: Minha mãe.
Acontecimento marcante: Eu ter tido câncer e ter sido convidada para integrar a Academia Francisquense de Letras.
Saudade: Da minha vida antes do câncer.
Lugar: Hotel Fazenda
Arrependimento:
Hora Feliz: Na minha festa surpresa deste ano
Frase: “Eu sonho junto”
Detesta: Levar bronca
Adora: Presentes
Comida: Bobagem
Perfume: Nenhum, sou alégica.
Dinheiro: Necessário
Bebida: Água
Time: Não.
Se não fosse escritora: Seria estudante
Amigos: Meus pais e minha tia.
Beatriz na internet: Beatriz escritora que tem um monte de sonhadores.
 (Entrevista feita via internet)



A pesquisa da vida da pequena escritora - deixei  para o final, pois está em tratamento  de um  câncer


Liberei a pesquisa na sala de informática e o livro para a leitura da biografia.
Não queria nenhum estudante com preconceito ou algo parecido.
 A proposta era explorar ao máximo o livro.
 ´
Em sala  a produção ( Cada turma com um tópico )
                                     O Tob  e a Beatriz visitando Joinville ( 6 ano)

   Interpretando o Hino de Joinville para a Beatrriz e o Tob ( 8 ano)








Um comentário:

Ezequias Knoob disse...

Não perca sua forca de vontade,professora☺