25 de jul de 2011

Bullying Dói


Deborah e Keimilin 2 ano 03

Tayane, Ana Carolina, Andressa .2 ano 1


Fernando e Patricia 1 ano 01



Alunas: Karina, Beatriz, Andressa . 1 ano 01 (ensino médio)E.E.B. Dr. Jorge Lacerda.












" Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, ou por sua origem, ou sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, se elas aprendem a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto. A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais extinta." Nelson Mandela

O mal-estar causado por zombarias e violência corporal entre os colegas de escola afeta a saúde física e emocional das crianças e adolescentes.
Fomos até a sala de informática e lemos a cartilha bullying ( projeto Justiça nas escolas cartilha 2010) anotaram o que era relevante e fomos para sala de aula produzir em equipe uma atividade lúdica para despertar entre eles que o bullying é algo muito sério. Estamos agora na produção de crônicas com o tema proposto.
Vamos brincar? Sem machucar.

" Pais e professores que ouvem de jovens relatos de bullying em tom jocoso devem aproveitar a oportunidade para abordar o assunto e reverter a impressão da criança ou adolescente de que a violência é bacana." Psiquiatra José Augusto Pedra

17 comentários:

Jorge Silva disse...

Parabéns pelos belos trabalhos aqui Marisa!

Só para contribuir, há um poema maravilhoso que todos nós deveríamos conhecer e pôr em prática diária, já deves conhecer, mas ei-lo aqui:
..................................
As crianças aprendem o que vivenciam

Se as crianças vivem ouvindo críticas, aprendem a condenar.
Se convivem com a hostilidade, aprendem a brigar.
Se as crianças vivem com medo, aprendem a ser medrosas.
Se as crianças convivem com a pena, aprendem a ter pena de si mesmas.
Se vivem sendo ridicularizadas, aprendem a ser tímidas.
Se convivem com a inveja, aprendem a invejar.
Se vivem com vergonha, aprendem a sentir culpa.
Se vivem sendo incentivadas, aprendem a ter confiança em si mesmas.
Se as crianças vivenciam a tolerância, aprendem a ser pacientes.
Se vivenciam os elogios, aprendem a apreciar.
Se vivenciam a aceitação, aprendem a amar.
Se vivenciam a aprovação, aprendem a gostar de si mesmas.
Se vivenciam o reconhecimento, aprendem que é bom ter um objetivo.
Se as crianças vivem partilhando, aprendem o que é generosidade.
Se convivem com a sinceridade, aprendem a veracidade.
Se convivem com a equidade, aprendem o que é justiça.
Se convivem com a bondade e a consideração, aprendem o que é respeito.
Se as crianças vivem com segurança, aprendem a ter confiança em si mesmas e naqueles que as cercam.
Se as crianças convivem com a afabilidade e a amizade, aprendem que o mundo é um bom lugar para se viver.

Dorothy Law Nolte

Leonel disse...

Bom trabalho, Mariza!
Usando um jogo, vai-se conscientizando a meninada para a forma adequada de conviver!
Abraços!

Ma Ferreira disse...

Marisa..entrei no seu blog por acaso..e nao sabia o que ia encontrar.. e confesso que adorei.
Parabens pela abordagem do tema.
Olhar o problema de frente ja e um bom sinal.
Uma questao muito seria. Infelizmente tem a ver com os valores que a familia cultiva.
Confio na educacao onde se eleve as qualidades sempre.
Mas o que se ve hj e uma educacao muito permissiva. Os pais delegam a arte de educar a escola.
O papel da escola e ensinar..educacao comeca em casa...
Mas...parabens pelo seu blog.
Voltarei.
Sou ceramista. Sou arteira do barro. Eu digo, pedagoga por ormacao e ceramista de coracao. Mas nunca exerci.
Um bj..
Ma ferreira

Desculpa a falta de acento. Nao sei como se coloca neste note.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Legal! Parabéns! Beijos

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

São lições de tolerância
que ensinamos em nossas
salas de aula,
que mantém vivas em nós,
as esperanças nos tempos
de paz
em que acredito
e espero.

Que em ti haja a alegria
de uma manhã de sol...

Leandro Ruiz disse...

O sucesso é construído de 99% de fracasso. (Soichiro Honda)
…Mesmo distante, não esqueço deste “espaço” aconchegante!
Obrigado por sempre estar presente…
Paz e bem!
www.lleandroaugustto.blogspot.com
www.eu-e-o-tempo.blogspot.com
Leandro Ruiz

。♥ Smareis ♥。 disse...

Gostei muito da forma que vc abordou esse tema. A pessoa precisa aprender a amar naturalmente não pela cor de sua pele, ou por sua origem, ou sua religião. Amar sim de todo coração o seu semelhante. O que ta mesmo faltando no ser humano é a falta de amor. A criança aprende o que vivenciam desde pequena. Vejo também que a educação se vem de berço. Parabéns pelo texto.Deixo um beijo grande , e desejo de um ótimo fim de semana. Smareis

Amandynha disse...

Professora Mariza,seu trabalho ficou muito lindo.Bullying deveria nem existir,pois machuca quem esta sofrendo este crime...Quem pratica não enxerga que depois de um tempo vai ser o prejudicado...Você Mariza é uma das melhores professoras.Não existe palavras para descrever você e o seu trabalho.Ass:Amanda Correia Marins.6°ano"D".Caic Professor Mariano Costa....Beijinhos

guilherme disse...

Guilherme Biff 7°ano D

professora,eu gostei muito do trabalho que você fez sobre o bullingpois isso é muito sério
eu acho qu as pessoas deveriam se concientizar mais sobre isso.
Tem gente que pratica e acha
que não é nada de mais,mas alguem tem que concientizar essas pessoas de que isso é muito errado e "hoje"
isso da cadeia

bjokas

Anônimo disse...

profe, achei muito legal o que voce fez,e um otimo jeito de ensinar as crianças a nao machucar os outros.pois o bullyinig nem deveria existir,pois todos que sofrem ficam com isso na cabeça a vida toda e alguns ate vao tentar revidar.

ASS:ualisson,6anoD,caic profesor mariano costa

Anônimo disse...

muito legal luta contra o Bullying que na verdade nem ée para existir no Brasil ou em qualquer outro lugar no planeta.Mas foi um trabalho muito bom que você fez com a turma da minha irma e com o colegio Jorge lacerda!!!

Nome:Maysa Merlini 6anoD
CAIC MARIANO COSTA

gabriel ricardo disse...

muiot legal sora

Anônimo disse...

que legal os jogos sobre o bullying
assim agente sabe mas sobre o bullying e suas consequencias.
bjs
nome:leticia 7 ano d

zenita disse...

o cartaz da jenifer fico muito mara!!!!
zenita 2º5

Anônimo disse...

"Cortesia e educação são sempre bem vindas, assim como valorizar o outro independente da sua função."²

Alunas: Djheniffer e Taynara 7ºD

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
THIAGO RODRIGUES INACIO disse...

Bullying é um ato de covardia,isso é praticado por pessoas maudosas que só querem o mau das outras.Bullying não se faz!ALUNO:THIAGO RODRIGUES INACIO 7ano C ESCOLA:CAIC MARIANO COSTA