21 de abr de 2010

Para meu anjo, Gládis

Muito obrigada pelo novo layout do blog. Minha amiga do coração.
Deixo para você um pouquinho de Marta Medeiros. Muitas graças!!



Por que as pessoas entram na sua vida?

Pessoas entram na sua vida por uma "Razão", uma "Estação" ou uma "Vida Inteira". Quando você percebe qual deles é, você vai saber o que fazer por cada pessoa.

Quando alguém está em sua vida por uma "Razão"... é, geralmente, para suprir uma necessidade que você demonstrou. Elas vêm para auxiliá-lo numa dificuldade, te fornecer orientação e apoio, ajudá-lo física, emocional ou espiritualmente. Elas poderão parecer como uma dádiva de Deus, e são! Elas estão lá pela razão que você precisa que eles estejam lá. Então, sem nenhuma atitude errada de sua parte, ou em uma hora inconveniente, esta pessoa vai dizer ou fazer alguma coisa para levar essa relação a um fim. Ás vezes, essas pessoas morrem. Ás vezes, eles simplesmente se vão. Ás vezes, eles agem e te forçam a tomar uma posição. O que devemos entender é que nossas necessidades foram atendidas, nossos desejos preenchidos e o trabalho delas, feito. As suas orações foram atendidas. E agora é tempo de ir.

Quando pessoas entram em nossas vidas por uma "Estação", é porque chegou sua vez de dividir, crescer e aprender. Elas trazem para você a experiência da paz, ou fazem você rir. Elas poderão ensiná-lo algo que você nunca fez. Elas, geralmente, te dão uma quantidade enorme de prazer... Acredite! É real! Mas somente por uma "Estação".

Relacionamentos de uma "Vida Inteira" te ensinam lições para a vida inteira: coisas que você deve construir para ter uma formação emocional sólida. Sua tarefa é aceitar a lição, amar a pessoa, e colocar o que você aprendeu em uso em todos os outros relacionamentos e áreas de sua vida. É dito que o amor é cego, mas a amizade é clarividente. Obrigado por ser parte da minha vida.

Pare aqui e simplesmente SORRIA.

"Trabalhe como se você não precisasse do dinheiro,
Ame como se você nunca tivesse sido magoado, e dance como
se ninguém estivesse te observando."

"O maior risco da vida é não fazer NADA."
Martha Medeiros

9 comentários:

Gládis Leal dos Santos disse...

Querida amiga,

Que texto lindo! Eu que que devo te agradecer pela amizade,pelo companheirismo e carinho de sempre. Que Deus ilumine sempre teu caminho.

Bju

Leandro Ruiz disse...

Lindo texto...
Cada pessoa que passa em nossas vidas, nem que seja por poucos segundos, sempre nos deixa algo de bom... ao contrário é a mesma coisa que nunca passou...
Abraço

Regina Rozenbaum disse...

Mariza, amada!
Ficou mesmo muiiito lindo...PARABÉNS e continue esse trabalho lindo que faz com tanto amor. Até qualquer dia...
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

manuel marques disse...

Lindíssimo texto.

Jinhos.

Valvesta disse...

Verdadeiramente é assim nossos anjos, nós também somos anjos pra alguns que cruzam nossos caminhos, levamos amor incondicional, amizade que ajuda, ou carinho aos carentes, estamos aqui pra repassar o amor de Deus aos seus.
Bom fim de semana próximo... e um abraço no coração.

Jorge disse...

Generosa mensagem que, por si só, é um ensinamento.
Na vida todos contraímos obrigações com o nosso próximo. Não devemos deixar passar a oportunidade de o fazer. Tudo o que fizermos, de bom ou de mau, reflecte-se nos outros.
Nada, nesta vida, acontece por acaso.
Saudações amigas.

Bia Carvalho disse...

Desculpe a invasão, mas eu tenho uma ótima notícia!

O Blog Amor, Mistério e Sangue está estreando sua primeira promoção!!!

O prêmio para o vencedor é o primeiro volume da Série "A guerra das Sombras"

O Livro de Dinaer
Para mais informações sobre o livro
http://www.aguerradassombras.com/dinaer.html

Você não pode perder essa super promoção!!!
http://amormisterioesangue.blogspot.com/2010/04/primeira-promocao-do-amor-misterio-e.html

Bjs e boa sorte!

quicas disse...

Olá Mariza, boa noite! Vim conhecer seu espaço e retribuir sua visita!
Lindo texto nos deixa nesse dia, parabéns!
Saudações amigas

Meio Ambiente disse...

Perfeito! eu aprendo todos os dias, muito bom ler, assim aprendi a escrever, lia um bom livro e dele fazia manuscritos, copiava os livros, abraços, gostei muito.