28 de fev de 2010

Para Regina

A expressão é válida: Memento Mori (Lembra-te homem que morrerás um dia?) E o Carpie Diem (aproveite bem o dia ) Regina, sei que você aproveitou bem os dias de convivência com sua a mãe.

Que a música leve você sentir meu abraço e meu consolo . Te amo muito, minha grande amiga.




3 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Mariza, amada, amiga
Não sei qual a palavra para usar diante de tamanho carinho, sensibilidade e generosidade...talvez OBRIGADA!!! Do fundo do meu coração e alma que nesses dias estão um cadim mais tristes e saudosos do que os últimos 365. Ao longo de todo o ano passado fui, vagarosamente, elaborando meu luto...sei que sou muito privilegiada pois tive ela ao meu lado por tantos anos, enquanto muitos sofreram essa perda muito jovens. Também sei que essa dor, jamais sentida anteriormente, iria se transformando aos poucos, se acomodando, acalmando... Mas como um amado escreveu para mim as palavras de Drummond: "Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho." Você, eu, somos filhas e mães...sabemos bem desse lugar encantado que ocupamos!
Amanhã é novo dia e com ele é vida que segue e pulsa... E ela comigo está...sempre!!!! OBRIGADA, Mariza!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Osvaldo disse...

Mariza;

Bela homenagem que presta à mãe da sua amiga Regina.

Fiquei feliz de ver citada, por Regina uma bela frase do meu professor Carlos Drummond de Andrade, um dos ícones principais da nossa literatura...

bjs,
Osvaldo

Graça Pereira disse...

Mariza
Amizade, também é consolo, amparo nas lágrimas..obrigada pela tua dedicação aos que sofrem...
Beijos.
Regina:
Morrer... é apenas mudar de lugar e as mães, como diz o poeta, nunca morrem mesmo... Jesus, levou sua Mãe para junto de Si e concedeu o privilégio ás nossas mães de estarem sempre ao nosso lado em todos os momentos..Não as vemos, mas a sua presença é tão intensa que sentiremos que nunca mais ficaremos sós...
Beijos, Amiga
Graça