25 de nov de 2009

Comparativo entre Vidas Secas e À moda de Bertolt Brecht





2ª 2
Ao término do teatro as equipes fizeram três atividades escritas: resumo de livro Vidas Secas( em sala de aula), comparativo entre as leituras do livro e a crônica: À moda de Bertold Brecht de Fábio Brügemannn e por último a releitura .

“O maior legado de Vidas Secas é o de uma escrita em que é possível reconhecer a linguagem no processo de tornar-se literatura. "


Veja:
Vidas Secas e Fábio Brügemann

A diferença entre "Vidas Secas" e À moda de Bertolt Brecht é que : Vidas Secas representa uma realidade que algumas pessoas passam fome e miséria, já À moda de Bertolt Brecht é uma vida boa, é a realidade uma comparação da vida real.
O Vidas Secas querem simplesmente uma vida melhor para eles e para seus filhos e no texto Á moda de Bertolt Brecht eles têm o futuro bom, e querem um futuro melhor do que eles já possuem, talvez até queiram um governo que saiba governar, crianças em casas brincando, lugares onde amigos poderiam se reunir para conversar, entre outras coisas que nós queremos para o nosso Brasil melhorar.
O livro Vidas Secas não possuiímuitos pontos positivos, o único é que eles tiveram uma festa na cidade.
Podemos considerar pontos negativos,: a seca, a miséria, vida simples, humilde e sem destino. Já os pontos positivos do textos do Fábio Brüggemann é que eles possuíam uma vida melhor, com diversão e moravam em uma cidade bem sucedida. Os pontos negativos, são que havia muita corrupção e muita falta de segurança na cidade, devido ao vandalismo.
´De modo geral, tanto no livro Vidas Secas, quanto no texto da Á Moda de Berlot Brecht, eles querem um futuro para as pessoas, sem miséria, sem violência, sem corrupção, para ter uma sociedade melhor. Direito para todos e não para meia dúzia que estão no poder.

Alunas: Ana Paula, Ariane,Amanda,Daniela, Ariane,Débora., Thaise, ( 2 ª1)




Somos o que queremos ser


No livro Vidas Secas, Fabiano, Sinha Vitória e os meninos viviam uma vida sem muitas escolhas, onde sempre tinham os mesmos hábitos, ouviam as mesmas palavras, onde os meninos cresceriam e ficariam como o pai e seria assim por gerações, quando Fabiano vai para a cidade, e vai para um mundo novo, um mundo de escolhas, podendo escolher onde os filhos vão estudar e muitas outras escolhas que pode levar a um um mundo bem mais perigoso.
Fábio Brüggemann conhece esses perigos e fala de suas escolhas, do que ele pensa que é bom, de como ele pensa que é melhor viver.

Equipe: Ana Camila
Arielle Klug
Bianca Nayara
Lislen Gaspar
Série: 2º ano 01



À Moda de Bertolt Brecht e Vidas Secas

Vidas Secas fala sobre a fazenda, os filhos, o sofrimento, a família, os animais, sobre coisas boas e coisas ruins, a cidade para onde a família vai, os jovens que os ajudam, e “À Moda de Bertolt Brecht” fala de comparações, como filhos que também são amigos, livros que cheiram bem, trabalhos que dão prazer, paisagens, cidades que não têm meninos se drogando nas ruas, esperas de quem tem fome, sofrimentos e felicidades.
Os dois textos falam de coisas boas e de ruins. A família de Fabiano passou por muito sofrimento, alguns diferentes do texto dois -,mas, semelhantes, e depois foram pra cidade começar uma vida nova.

Alunos: Franciellen Barbosa Serie: 2º 02
Jessica Pietro
Jackson
Nelson
Magnon
Peterson
Willian Bernadino
Priscila

Comparativo entre: Vidas Secas e À moda de Bertold Brecht

O livro Vidas Secas tem na cidade o que mais eles procuram e precisam que é a ajuda, eles querem construir um futuro melhor,uma vida melhor sem sofrimento, e dor que, foi o que passaram por muito tempo e isso faz com que eles busquem a realização de seus sonhos como por exemplo: a cama descente a qual Sinha sonhava muito ou mesmo uma vida sem cansaço,sem sofrimento, um futuro melhor pra toda a sua família
Já a moda de Bertold Brecht relata sobre uma cidade diferente,ele quer dessa cidade mudança, uma cidade sem maldade, Fábio busca fazer com que as pessoas reflitam e vejam que a cidade a qual vivemos e que Fabiano chegou poderia ser assim que não é a única coisa em comum das histórias é a esperança que Fabiano tinha ao encontrar a cidade - e a esperança de Fábio quando conseguir ver uma cidade assim.

Alunos:Susan, Alyne Pereira,Aline Cunha , Luciano, Luan, Everton Vandianara,Karolem. 2 ª2


2ª5 Equipe Daiane



UM tenho um sonho.....

Quando pensamos na palavra cidade,logo nos vem a cabeça,beleza,industrialização,tecnologia,ou seja,uma vida melhor,e quando pensamos na palavra sertão,logo nos vem a cabeça,fome,miséria,mortes ou seja,as piores coisas da vida,mas devemos saber nos aprofundar melhor nos assuntos,assim podemos julgar melhor as coisas,e pensar melhor em tudo ao nosso redor.
Na cidade,todos vão em busca de melhores condições de vida,mas nem sempre encontram o que esperam,chegam a tão sonhada e maravilhosa cidade,encontram ruas com buracos,fumaça em toda parte pessoas com pressa o tempo todo,e então finalmente se dão conta de que a tão magnífica cidade,não é tão magnífica assim,e então,por um breve segundo,sentem falta de toda a simplicidade da vida que a tão pouco tempo era considerada por eles mesmos miserável.
Mas o que todos querem?O que todos buscamos?Para que vivemos?Qual é o nosso objetivo?Uma simples palavra capaz de expressar tudo o que sentimos,mas ao mesmo tempo,também capaz de trazer tanta tristeza.Felicidade,por isso fazemos qualquer coisa,matamos,mentimos,roubamos,por essa palavra que julgamos ser simples,mas que na verdade,é tudo o que precisamos para ter uma vida com dignidade.


Regras, as que devem ser quebradas sempre


Ao analisarmos o livro "Vidas Secas" e "À Moda de Bertolt Brecht" podemos notar, que ambos os textos caminham em uma linha paralela, na qual querem mostrar a realidade da vida e que o mundo é feito de escolhas e só depende de nós irmos em busca da melhor escolha para que podermos ter uma historia de vida digna.
Os dois textos focam no tema "cidade" que é um lugar com multiplas opções onde você pode fazer a escolha que pretende tomar para sua vida seguir um rumo.
Os personagens buscam na cidade um lugar melhor, para se viver sem medo e contruir seus lares em um mundo onde as pessoas respeitam, as diferenças.
Igual a nós os personagens dos textos necessitam de um ambiente agradável onde possamos expressas nossos sentimentos, conviver com pessoas que tenha ética e sabem viver junto a sociedade em um lugar digno para morar.


ALUNOS:
Bruno Vieira
Franciele Fortunato Weise
Joicy de Oliveira
Luan Carlos Dalcin
Marcos Ricken

2ºano3
E.E.B.Dr Jorge Lacerda








Um comentário:

Anônimo disse...

O texto de Fábio Brügemann Á moda de Bertolt Brecht fala sobre a realidade e faz comparações do mundo de hoje , é uma vida mais digna. Já o Livro Vidas Secas fala sobre uma família que lutam para manter a sobrevivência , tem uma vida mais sofrida, no qual tentam encontrar uma solução para a miséria.

Bárbara Oliveira 2º5